Briosa alega "inviabilidade financeira" e decide não disputar a Copa Paulista


192 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 04/05/2018 às 16:52 - alterado em 07/05/2018 às 12:39
Briosa alega "inviabilidade financeira" e decide não disputar a Copa Paulista Douglas Teixeira/Divulgação Agência Briosa

FUTEBOL - Após o acesso para a Série A-2 do Campeonato Paulista, a Portuguesa Santista não irá participar da disputa da Copa Paulista. A informação foi confirmada pelo clube na tarde desta sexta-feira (4) e, desta forma, a Briosa passa a se concentrar no planejamento para a temporada 2019.

Segundo o presidente do clube Emerson Coelho, o fator financeiro pesou decisivamente na decisão de não participar do torneio. “Vínhamos há uma ou duas semanas tentando resolver essa questão, mas por ser (uma competição) deficitária, que não tem nenhum tipo de verba por parte da Federação Paulista, se torna inviável a participação do nosso ponto de vista. Nós tentamos patrocinadores para virem juntos nessa, mas é difícil, justamente por não ser o Campeonato Paulista”, disse.

No ano passado, a Portuguesa Santista jogou a Copa Paulista, ainda na gestão de Lupércio Conde, mas teve uma participação decepcionante, sem nenhuma vitória durante todo o campeonato.

Coelho destacou que o mais importante, nesse momento, é privilegiar a saúde financeira do clube e dar início ao planejamento para o Paulistão da A-2 em 2019. “A grande questão por trás disso é que nós temos que ter responsabilidade fiscal e financeira com o clube, então, nós preferimos abrir mão da Copa Paulista para manter a saúde financeira da Portuguesa Santista. A diretoria prefere abrir mão nesse momento do que lá na frente ter problemas para disputar a Séria A-2, que deu tanto trabalho para chegarmos. O nosso foco é a A-2!. Acredito que tendo uma condição financeira equilibrada agora isso poderá nos favorecer com relação ao planejamento para a Série A-2 do ano que vem”, afirmou.

O mandatário rubro-verde disse que a direção vem trabalhando na renovação de algumas peças consideradas importantes no acesso, visando adiantar o planejamento da equipe. “Alguns jogadores já renovamos contratos e estendemos seus vínculos até o final de 2019. Isso dá uma condição boa para o clube, no sentido de que podermos emprestar alguns atletas e quando eles voltarem, no fim do ano, vão formar a espinha dorsal do time para o ano que vem”, comentou.

Por fim, Emerson Coelho também falou da situação do técnico Sérgio Guedes. O dirigente explicou que a Briosa pretende conversar com o treinador sobre a renovação de seu contrato. “Estamos agindo com responsabilidade, pés no chão e gostaríamos muito de disputar a Copa Paulista pelo grupo formado na Portuguesa, mas também não dá para fazer loucura. O próximo passo é decidir a questão do Sérgio, que é um assunto muito importante. Iremos tratar dessa situação e vamos fazer de tudo para já começarmos o trabalho para a A-2 agora”, encerrou.

Calendário