Maestro Gilberto Mendes será homenageado com nome a espaço cultural de Santos


12 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 10/04/2018 às 09:42
Maestro Gilberto Mendes será homenageado com nome a espaço cultural de Santos Divulgação/Prefeitura Municipal de Santos

CULTURA – O maestro Gilberto Mendes, falecido em 1 de janeiro de 2016, aos 93 anos, será homenageado no próximo dia 19 com o lançamento do Espaço Cultural Maestro Gilberto Mendes no Centro de Atividades Integradas de Santos (Cais) Professor Milton Teixeira.

O evento vai contar com trechos do espetáculo Pedaço de Mim, do Balé da Cidade de Santos, com direção de Renata Pacheco. Na sequência, o pianista Antonio Eduardo executa as obras Il Niege (Henrique Oswald) e Il Niege… de Noveau (Gilberto Mendes).

As apresentações continuam com as participações dos integrantes do Coral Municipal de Santos e do Coral Santista de Servidores, que cantam juntos Mamãe Eu Quero Voltar e Salada de Frutas, ambas compostas por Gilberto Mendes. A regência é das maestrinas Nailse Machado e Meire Berti.

Encerrando a programação musical, a Banda Marcial de Cubatão, regida pelo maestro Alexandre Felipe Gomes, executa clássicos do jazz e de trilhas sonoras de filmes apreciados por Gilberto Mendes, como o longa-metragem Em Algum Lugar do Passado.

Além das intervenções do ator Bruno Frachia, que personifica a figura do maestro, exposição de reproduções de obras de Gilberto Mendes e algumas peças do acervo pessoal do músico.

Imagens do filme A Odisseia Musical de Gilberto Mendes serão projetadas no centro cultural. O longa-metragem - filmado no Brasil, Rússia, Holanda, Alemanha e Bélgica entre 2002 e 2005 – foi produzido por Carlos Moura Ribeiro Mendes e tem direção de fotografia de Odorico Mendes.

MAESTRO
Nascido em Santos em 1922, Gilberto Mendes foi fundador, diretor artístico e programador do Festival Música Nova de 1962 a 2010, em Santos, a mais antiga e importante mostra internacional de música contemporânea da América. Desde 2012, o festival é realizado em Ribeirão Preto, onde recebeu o nome de Festival Música Nova Gilberto Mendes.

No Brasil, recebeu, entre outros, o Prêmio Carlos Gomes, do Governo do Estado de São Paulo, além de inúmeras condecorações da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA). Em 2004, o maestro foi contemplado com a insígnia e diploma de sua admissão na Ordem do Mérito Cultural, na classe de comendador, do Ministério da Cultura.

Era membro honorário da Academia Brasileira de Música e do Colégio de Compositores Latino-Americanos de Música de Arte, com sede no México. Verbetes com seu nome constam das principais enciclopédias e dicionários mundiais, como o Grove, em inglês; o Rieman, em alemão, e o Dictionary of Contemporarry Music, de John Vinton.