Robô é "demitido" nos EUA por trabalhar rápido demais


280 dias atrás
Por: ANSA - Em 13/03/2018 às 20:26 - alterado em 13/03/2018 às 21:08
Robô é "demitido" nos EUA por trabalhar rápido demais Divulgação/Ansa

TECNOLOGIA - Um "chef robô" conhecido como Flippy foi "demitido" de uma rede de fast food em Pasadena, na Califórnia, depois de apenas algumas horas de trabalho, porque atuava "muito rápido".

Flippy conseguia preparar até 2 mil hambúrgueres por dia, mas o restante dos funcionários não era capaz de manter o ritmo e confeccionar o mesmo número de lanches.

"Quando você está na cozinha e trabalha com outras pessoas, o costume é falar para coordenar as atividades. Com o Flippy, isso não é possível, você tem de seguir seu ritmo", afirmou Anthony Lomelino Cali, proprietário do restaurante. O robô, ao menos por enquanto, foi colocado de lado.

Algumas semanas atrás, outro robô, Fabio, foi demitido de um mercado no Reino Unido, mas pelo motivo inverso: ele tinha de atender clientes, mas não conseguia agir com a mesma velocidade de seus "colegas" humanos.

No entanto, os caso de Flippy e Fabio refletem sobre como o trabalho está mudando. De acordo com um relatório da consultoria McKinsey, 375 milhões de pessoas terão de procurar novos empregos até 2030 porque serão substituídas pela tecnologia.