Petrobras confirma a construção de 13 novas plataformas de petróleo na região até 2022


158 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 12/03/2018 às 18:01 - alterado em 13/03/2018 às 22:22
Petrobras confirma a construção de 13 novas plataformas de petróleo na região até 2022 Fabiano Roma/Santa Cecília TV

SANTOS - Até 2022, a Petrobras irá construir 13 novas plataformas de petróleo na Bacia de Santos. Oito delas serão operadas pela própria Petrobras. A informação foi anunciada pelo presidente da estatal, Pedro Parente, nesta segunda-feira (12). A confirmação ocorreu durante o evento 'Implantação de Base Offshore como alavanca do desenvolvimento regional', que foi organizado pela Associação Comercial de Santos.

A presença da estatal na região dobrou nos últimos 10 anos, desta forma, de acordo com Parente, a expectativa é de que em 2022, a empresa produza 2 milhões de barris por dia. Sendo que dois terços estarão instalados na Bacia de Santos e gerará um vetor de crescimento considerável.

Segundo o presidente da Petrobras, a retomada dos leilões feita pelo Governo foi importante, visto que após o sucesso destes, 13 empresas passaram a ser operadas na região.

A abertura do evento foi realizada pelo prefeito de Guarujá, Valter Sumán, que contou também com a participação do prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, o presidente da Codesp, José Alex de Oliva e o vice-prefeito de Cubatão, Pedro de Sá, que falaram sobre a importância do encontro, assim como o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), a senadora Marta Suplicy (MDB). A presidente da Universidade Santa Cecília (Unisanta), Lúcia Teixeira, que também compõe a diretoria da Associação Comercial, esteve presente ao evento, bem como a reitora da Unisanta, Silva Teixeira.

Estudo
Durante o período da manhã, José Roberto dos Santos, da Geo Brasilis, empresa de consultoria que auxiliou na elaboração do estudo, mostrou como a Baixada Santista aumentou o setor de petróleo e gás. Reforçou que há dez anos a região não era familiarizada com o petróleo e se especializou, com a participação das universidades que criaram cursos para qualificação de mão de obra, a área de hotelaria também foi ampliada e assim a Cidade conseguiu se planejar para o setor.