Briosa vence confronto direto, se mantém na liderança e garante matematicamente vaga no mata-mata


160 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 10/03/2018 às 19:29 - alterado em 12/03/2018 às 10:54
Briosa vence confronto direto, se mantém na liderança e garante matematicamente vaga no mata-mata Thiago Baraçal/Divulgação

FUTEBOL - A Portuguesa Santista garantiu antecipadamente a sua vaga nas quartas-de-final do Campeonato Paulista da Série A-3. A Briosa venceu o Capivariano por 2 a 1, na tarde deste sábado (10), na Arena Capivari, em confronto válido pela 16ª rodada da competição.

Com o resultado fora de casa, a Portuguesa Santista chegou aos 35 pontos e matematicamente não pode ser mais alcançada pelo nono colocado. Isto porque, o time rubro-verde abriu 11 pontos para o Taboão da Serra, que é o nono, e o Velo Clube, que tem um jogo a menos e pode passar o Taboão, só pode chegar a 34. De quebra, a Briosa garantiu mais uma rodada na liderança da A-3.

O time de Capivari, por sua vez, segue na segunda colocação, com 31 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Atibaia, que visita a Matonense neste domingo (11), em Bebedouro.

A equipe praiana volta a campo diante do Desportivo Brasil, no próximo domingo (17), às 10h, no Estádio Ulrico Mursa. Um dia antes, o Capivariano visita a União Barbarense, na Toca do Leão.

O jogo
O duelo de líderes começou correspondendo as expectativas: com bastante equilíbrio e boas chances de lado a lado. Aos 22 minutos, Bill soltou a bomba de fora da área e o goleiro Cleyton espalmou, salvando os visitantes.

A resposta da Briosa veio aos 31, quando Anderson Magrão aplicou um belo drible no zagueiro e cruzou para Wendell, que não alcançou a bola para a finalização.

Os rubro-verdes voltaram a assustar aos 34, quando Léo Gonçalves arriscou um chute da intermediária e a bola passou rente à trave, levando muito perigo para o goleiro Christofer.

Antes do intervalo, o Capivariano criou duas boas chances de gol. Aos 39, Bruno Sabiá fez bom lance individual e bateu para mais uma boa defesa de Cleyton. Três minutos depois, Bill recebeu dentro da área, mas não foi feliz na finalização e chutou para fora.

No segundo tempo, a Portuguesa Santista quase abriu o placar em rápido contra-ataque, aos 13. Carlos Alberto recebeu pela esquerda e soltou a bomba, defendida pelo goleiro do time da casa.

O Capivariano respondeu e, por pouco, quase não abriu o placar. Aos 18, Bruno Sabiá chutou da entrada da área e quase surpreendeu o goleiro Cleyton. Aos 34, foi a vez de Vini tentar o cruzamento e, sem querer, acertar o travessão.

No entanto, quem balançou as redes foi a Briosa. Após boa trama de ataque aos 38, Kauè Ramos recebeu, limpou a marcação e bateu na saída do goleiro. A bola ainda tocou caprichosamente na trave antes de morrer no fundo do gol.

Aos 45, Diego Palhinha saiu sozinho de seu campo, passou por três marcadores e bateu para o gol, marcando o segundo dos visitantes e decretando a vitória da Briosa.

Os donos da casa ainda descontaram com Bill aos 47, porém já não havia mais tempo para a reação e a Portuguesa Santista saiu de campo com os três pontos.