Rússia confirma 2º caso de doping nos Jogos de Inverno


212 dias atrás
Por: ANSA - Em 23/02/2018 às 21:10
Rússia confirma 2º caso de doping nos Jogos de Inverno Divulgação/ Ansa

JOGOS DE INVERNO - Novamente um esportista russo foi flagrado no exame antidoping dos Jogos Olímícos de Inverno, em PyeongChang, na Coreia do Sul. Nesta sexta-feira (23), a atleta Nadezhda Sergeeva, do bobsled, teve confirmada a presença de uma substância proibida em seu organismo.

Em um comunicado, a delegação russa disse que a substância encontrada na atleta foi a trimetazidina, uma medicação utilizada para quem sofre de angina, um tipo de dor no peito causado pela redução do fluxo sanguíneo ao coração.

A substância foi proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada) por afetar o metabolismo do usuário.

"Ela confirma que não tomou essa medicação, e a equipe aponta que não a prescreveu. Os representantes da federação nos Jogos Olímpicos começaram a preparar a defesa", afirmou Alexander Zubkov, ex-atleta e atualmente presidente da federação de bobsled da Rússia.

Nesta quarta-feira (21), o trenó com Sergeeva e Anastasia Kocherzhova terminou na 12ª colocação na disputa de duplas do bobsled. Para esta edição dos Jogos de Inverno, a Rússia foi parcialmente banida por conta do escândalo de doping que abalou o esporte russo. No entanto, o Comitê Olímpico Internacional (COI) moderou a sanção contra o país ao permitir que participasse da competição sob bandeira neutra.

Este é o quarto caso de doping nos Jogos, e o segundo envolvendo atletas da Rússia. Além de Sergeeva, o atleta de curling russo Alexander Krushelnytska foi flagrado no exame antidoping e perdeu a medalha de bronze que conquistou na competição.

Os outros casos foram do jogador de hóquei esloveno Ziga Jeglic e o patinador japonés Kei Sato. Ambos foram retirados da competição.