Bloco Ba-Bahianas sem Tabuleiro arrasta multidão em São Vicente


253 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 11/02/2018 às 14:52 - alterado em 12/02/2018 às 17:09
Bloco Ba-Bahianas sem Tabuleiro arrasta multidão em São Vicente Divulgação/Cesar Morgado/Prefeitura Municipal de São Vicente

CARNAVAL – O tradicional bloco Ba-bahianas arrastou milhares de pessoas pela orla do Gonzaguinha, em São Vicente, hoje (11) de manhã.

A concentração aconteceu na Praça Tom Jobim, e os foliões seguiram atrás do carro elétrico pela Avenida Embaixador Pedro de Toledo sentido Itararé. A dispersão foi na Praça do Maçom. Este ano o bloco completa 81 anos e teve como tema “Gente de Casa Faz Milagres”.

Segundo a Polícia Militar, cerca de 50 mil pessoas participam da festa em que, pela tradição, os homens usam roupas femininas. O bloco é considerado Patrimônio Cultural da cidade e o mais antigo do Estado de São Paulo.

História
Inicialmente, o bloco se chamava Bahianas sem Taboleiro (as palavras “Bahiana” e “Taboleiro” seguem até hoje a grafia original). Em meados dos anos 1960 o nome passou a ser “Ba-bahianas sem Taboleiro”, em homenagem ao primeiro presidente, Alberto “Babá” Sbravati, falecido em 1957.

Em sua primeira edição, no ano de 1937, cerca de 60 foliões foram para as ruas com a proposta de curtir o Carnaval usando trajes femininos.

Calendário