Laudo confirma que arma usada para matar jogador de hóquei pertencia ao pai do suspeito


10 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 11/01/2018 às 23:14
Laudo confirma que arma usada para matar jogador de hóquei pertencia ao pai do suspeito Reprodução Arquivo Pessoal/Montagem: #Santaportal

POLÍCIA - A arma utilizada pelo ex-soldado da Polícia Militar, Jarbas Colferai Neto, de 23 anos, para matar o jogador de hóquei e estudante universitário Matheus Garcia Vasconcellos Alves, de 24 anos, em setembro do ano passado, pertencia ao pai do suspeito. Segundo apurou a Polícia Civil, o revólver usado no crime, uma pistola calibre 380, era de um sargento reformado da PM, pai de Jarbas.

As investigações levaram a polícia a requerer mandados de busca e apreensão tanto do suspeito quanto de seu pai. Na casa do parente de Jarbas Colferai Neto, os policiais encontraram a arma registrada em nome do sargento reformado, que negou ter emprestado a pistola para o seu filho.

No entanto, o revólver foi encaminhado para o Instituto de Criminalística, em São Paulo, que enviou nesta semana o laudo do exame de balística para o delegado responsável pelo caso. De acordo com a perícia, o estojo de calibre 9 milímetros é “perfeitamente adaptável” à pistola apreendida na residência do pai do suspeito e que foi utilizada para o assassinato de Matheus.

A prova documental será anexada aos prints nos quais o soldado se passava pela sua namorada para falar com o estudante em um aplicativo de conversas. Foi através destes diálogos que Jarbas atraiu Matheus para o local do crime.

Entenda o caso
O assassinato ocorreu no dia 18 de setembro. Matheus Garcia Vasconcelos Alves, de 24 anos, passava pela Rua Nicolau Guirão Perez, no Centro, quando foi abordado por um homem pedindo o seu aparelho celular. Ainda de acordo com a polícia, ao reagir, Matheus foi atingido com um tiro na nuca. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal da Cidade, mas chegou sem vida ao local.

O jovem era modelo e jogador de hóquei. Em 2015, ele foi convocado pela Confederação Brasileira para disputar o Mundial Sênior, realizado na França. O atleta também defendeu o Brasil em campeonatos na Colômbia e Uruguai, em 2014.

Calendário