Convênio garante R$ 1,29 mi para segurança no trânsito em Guarujá


107 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 06/01/2018 às 11:55
Convênio garante R$ 1,29 mi para segurança no trânsito em Guarujá Divulgação/Prefeitura Municipal de Guarujá

TRÂNSITO – A prefeitura de Guarujá recebeu pouco mais de R$ 1,29 milhão para investir em melhorias na segurança do trânsito. Em parceria com o Governo do Estado, a verba é proveniente de multas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SP). Além do recurso financeiro, a Prefeitura contará com assessoria técnica do programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

Com o objetivo de reduzir o número de fatalidades no trânsito até o ano 2020, os recursos serão utilizados para a instalação de 40 lombofaixas, semáforos e sinalização em 21 pontos críticos da Cidade – entre o Centro, Enseada, Santa Rosa, Santo Antônio e Vicente de Carvalho, identificados com base em estudo realizado pelo Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga/SP).

A verba também possibilita o Município adquirir material para Campanha de Educação no Trãnsito voltada para o pedestres e motoristas. Além de conscientização nas escolas, para alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Entre os 21 pontos críticos apontados pelo estudo, onde ocorre o maior número de acidentes, estão:

. Av. Adhemar de Barros com as Avenidas Santos Dumont e Puglisi, na altura do Viaduto Floriberto Mariano;
. Av. Dom Pedro I com a Rua Sílvio Daige (Enseada);
. Avenida Puglisi com a Rua Montenegro (Centro);
. Av. Santos Dumont com Rua Guilherme Guinle e Praça 14 Bis (Vicente de Carvalho);
. Av. Thiago Ferreira com as avenidas Castelo Branco e Senador Salgado Filho, próximo ao terminal rodoviário e barcas, em Vicente de Carvalho;
. Rua Mário Ribeiro (Centro);
. Av. Miguel Albino com a Av. Miguel Mussa Gaze (Santa Rosa);
. Avenida Helena Maria (Santa Rosa);
. Alameda das Margaridas (Santo Antônio), entre outros pontos.

A iniciativa está em fase de estudos de projetos executivos para as intervenções nas vias contempladas pelo programa, que devem começar no com instalação de lombadas, melhorias na sinalização, semáforos e placas de regulamentação da fiscalização por videomonitoramento. Os serviços serão coordenados pela Diretoria de Trânsito e Transporte (Ditran), vinculada à Secretaria de Defesa e Convivência Social (Sedecon).