Nadador da Unisanta, Guilherme Costa bate mais uma vez o recorde Sul-Americano nos 1500m livre


9 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 06/12/2017 às 23:19
Nadador da Unisanta, Guilherme Costa bate mais uma vez o recorde Sul-Americano nos 1500m livre Satiro Sodré/Divulgação

NATAÇÃO UNISANTA - O nadador Guilherme Costa, da Unisanta, registrou seu nome na história das provas de fundo da natação brasileira. O atleta, de 19 anos, quebrou a barreira dos 15 minutos e estabeleceu o novo recorde sul-americano dos 1500m livre com o tempo de 14m59s01. A marca deu a ele também o novo recorde brasileiro e de campeonato.

O feito foi conquistado na tarde desta quarta-feira (6), no primeiro dia de competições do Campeonato Brasileiro Sênior, Campeonato Brasileiro Júnior e Torneio Open, na piscina da Universidade da Força Aérea, no Rio de Janeiro. Essa foi a quarta vez neste ano que Guilherme bateu seu próprio recorde Sul-Americano.

Nos últimos 100m, Guilherme apertou o ritmo para conseguir a marca histórica. “Fico muito feliz com essa marca que venho perseguindo há bastante tempo. Há algumas semanas, foi por pouco, mas hoje consegui. Agradeço a todos que torceram por mim. Ali na piscina às vezes é difícil de ouvir, mas com certeza lá no fundo a gente sente a energia positiva da galera que estava fora”, disse.

Outro destaque foi Poliana Okimoto. Não apenas pela medalha de bronze na prova dos 800m livre, mas por disputar sua última competição de piscina da carreira. Ela vai se aposentar após a disputa da Travessia Rei & Rainha do Mar, no próximo domingo (10).

“Estou tentando aproveitar cada momento e deixar um legado para os atletas que estão vindo. Além disso, quero pontuar para a Unisanta, que é um dos objetivos aqui. Queria ter nadado um pouco melhor, mas estou feliz em viver esse momento”, falou.

Com um dos melhores tempos do mundo nos 50m borboleta em 2017, Nicholas Santos, da Unisanta, brilhou mais uma vez na prova que é sua especialidade. O nadador de 37 anos, conquistou o ouro ao completar a prova com o tempo de 22s95, seguido por Henrique Martins, do Minas Tênis Clube, e César Cielo, do Esporte Clube Pinheiros.

“Meu ano foi muito positivo, com uma medalha de prata no Mundial de Budapeste e tempos que me deixaram muito feliz. O objetivo aqui é ajudar a Unisanta a pontuar e subir no quadro geral da competição”, explicou Nicholas.

A competição reúne atletas de infantil a sênior que possuam índices a partir de seus tempos obtidos. Os nadadores das categorias juvenil, júnior 1 e júnior 2 brigam por vagas na seleção brasileira sênior que disputará os Jogos Sul-Americanos da ODESUR, em 2018. A lista de atletas classificados será divulgada após a competição.

Outras medalhas
A equipe da Unisanta também subiu ao pódio no primeiro dia de competições com os seguintes resultados: ouro para Daiene Marçal Dias nos 50m borboleta, ouro nos 200m costas com Leonardo de Deus e prata nos 200m costas para Marina de Oliveira Nascimento.

A competição termina no próximo sábado (9) e reúne atletas das categorias Infantil a Sênior, que possuam os melhores tempos do ano. Com isso, o torneio recebe nadadores como César Cielo, João Gomes Junior, Etiene Medeiros, Gabriel Silva Santos, Marcelo Chierighini e Nicholas Santos, todos medalhistas no Campeonato Mundial de Budapeste, em julho deste ano.