Golfinho é encontrado morto e em avançado estado de decomposição em praia de Santos


10 dias atrás
Por: Isabella Chiaradia/Colaboradora - Em 14/11/2017 às 19:53
Golfinho é encontrado morto e em avançado estado de decomposição em praia de Santos Reprodução/Viver em Santos

MEIO AMBIENTE – Um golfinho foi encontrado morto na praia de Santos, nesta terça-feira (14), próximo ao Aquário Municipal no canal 6. O Instituto Gremar retirou o animal do local e contou com a ajuda do Instituto Ecofaxina, que diagnosticou as causas da morte. O mamífero estava em alto grau de decomposição e apresentava ferimentos, além de estar com a nadadeira cortada.

“Esse golfinho parece ter ficado preso em uma rede de pesca e, como é crime caçar esse tipo de animal, logo quando realizam a captura de um deles, já soltam por medo de apreensão e denúncias. Mas, provavelmente não conseguiram soltá-lo e para facilitar a retirada cortaram a nadadeira. Quando encontramos ele já estava em estado avançado de decomposição”, destacou o diretor-presidente do Instituto Ecofaxina William Rodriguez Schepis, em entrevista ao #Santaportal .

De acordo com Schepis, outros animais também sofrem e passam pela mesma situação cotidianamente na região. Só neste mês, o Corpo de Bombeiros encontrou duas tartarugas, uma próxima ao bairro do José Menino e outra entre os canais 4 e 5.

“A falta de fiscalização, mangues sendo invadido com palafitas e muito lixo sendo despejado sem nenhuma fiscalização diária. Além dos plásticos e lixo em geral, existe uma prática comum que faz mal aos animais, que é a pesca predatória em locais proibidos por lei”, afirmou o diretor do Ecofaxina.

Falta de fiscalização
Segundo William Schepis, que acompanha todo o histórico de problemas com o meio ambiente na região, há um tempo existe carência em trabalhos externos, fora a conscientização social. “Enquanto não houver fiscalização dos órgãos públicos e governantes que discutam e coloquem em prática soluções ambientais, essa situação só aumentará”, completou.

Calendário