Mulher que havia denunciado o ex por agressões é morta a tiros por ele na frente da mãe e dos filhos


6 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 13/11/2017 às 18:35
Mulher que havia denunciado o ex por agressões é morta a tiros por ele na frente da mãe e dos filhos Reprodução/Facebook

VIOLÊNCIA – Um crime foi cometido no final da tarde deste último domingo (12), em Araputanga, a 371 km de Cuiabá. A vítima é Rita Jorge da Silva, de 34 anos, que foi baleada na porta de casa na presença da mãe, de 73 anos, de uma irmã e dos filhos. A mulher estava se divorciando do marido e já teria aberto denúncias contra o suspeito por diversas vezes.

Rita estava morando com a mãe e os filhos desde a separação e havia conquistado uma medida protetiva para que José Antônio Caetano, seu ex-marido, também de 34 anos, não se aproximasse mais dela. Segundo a polícia, o criminoso disse para a vítima "parar com o processo de divórcio" e quando ela se recusou, ele começou a atirar contra ela.

De acordo com o investigador da Polícia Civil, Ivo de Paula Ribeiro, a vítima estava na calçada em frente à residência em que estava morando, na companhia da mãe, dos filhos e da irmã quando o ex-marido chegou de moto. "Ela disse que não iria suspender o processo e então ele sacou um revólver e começou a atirar contra ela. A vítima correu para dentro da casa, mas já tinha sido baleada e caiu na varanda da casa, onde morreu", alegou o policial.

Conforme os registros da policia, Rita já tinha registrado várias denúncias contra o ex-marido por agressão. A mãe dela tentou evitar que José Antônio atirasse contra a filha. Segundo o investigador, ao ver que a filha estava ferida, a mãe tentou colocar pó de café para estancar o sangue, sem ainda imaginar a gravidade do estado de Rita, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após o crime, o suspeito fugiu e a polícia ainda tenta localizá-lo.

Calendário