Marin é julgado nos EUA por corrupção envolvendo a venda dos direitos de transmissão de torneios


13 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 06/11/2017 às 16:29
Marin é julgado nos EUA por corrupção envolvendo a venda dos direitos de transmissão de torneios Reprodução/Arquivo Agência Brasil

ESTADOS UNIDOS - O ex-presidente da CBF, José Maria Marin, está entre os ex-dirigentes de futebol que será julgado nesta segunda-feira (6), em um tribunal de Nova York (Estados Unidos), por acusações de corrupção envolvendo a Fifa.

Além de Marin, Manuel Burga, ex-presidente da Federação Peruana de Futebol, e Juan Ángel Napout, ex-presidente da Conmebol e da Federação Paraguaia também estarão no banco dos réus após mais de dois anos da denúncia feita por procurados dos Estados Unidos, em escândalo que abalou a Fifa.

Os três dirigentes são acusados de recebimento de suborno e propinas com relação à venda dos direitos de transmissão, bem como ações de marketing, envolvendo a Copa Libertadores da América e a Copa América. Os dois torneios são organizados pela Conmebol.

Os procuradores norte-americanos acusaram os três de receberem subornos e propinas relacionados à venda de direitos de transmissão e marketing da Copa América e da Copa Libertadores, competições internacionais organizadas pela Conmebol.

Este caso é parte de um amplo inquérito criminal, que envolve ao todo 42 pessoas e entidades. Deste número, 24 pessoas já se declararam culpadas. O ex-vice-presidente da Fifa e presidente da Conmebol, Jeffrey Webb, e o brasileiro J.Hawilla, dono da empresa de marketing esportivo Traffic Group, estão entre os réus que admitiram suas culpas.

No entanto, as acusações contra o dirigente de futebol norte-americano Charles Blazer foram anuladas, em virtude da sua morte, em julho.

Calendário