Santos faz 3 a 1 no Galo na Vila, assume vice-liderança e aumenta pressão sobre o Corinthians


15 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 04/11/2017 às 19:28
Santos faz 3 a 1 no Galo na Vila, assume vice-liderança e aumenta pressão sobre o Corinthians Ivan Storti/Divulgação Santos FC

FUTEBOL - No primeiro jogo após a queda de Levir Culpi do comando da equipe, o Santos espantou a má fase sob o comando do técnico interino Elano e confirmou o bom retrospecto como mandante, derrotando o Atlético-MG, por 3 a 1, na tarde deste sábado (4), na Vila Belmiro. Arthur Gomes, David Braz e Ricardo Oliveira marcaram para o Peixe, que segue vivo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. Fred descontou para o Galo.

A vitória levou o Peixe para a vice-liderança do Brasileirão, com 56 pontos, aumentando a pressão sobre Corinthians e Palmeiras para o clássico deste domingo (5), na Arena de Itaquera. Os santistas estão a apenas três pontos do líder Timão e, momentaneamente, dois a frente do Verdão, que é o terceiro colocado.

O Alvinegro Praiano volta a campo diante do Vasco, na próxima quarta-feira (8), às 21h45, na Vila Belmiro. Enquanto isso, o Atlético-MG recebe o xará Atlético Goianiense, na quinta-feira (9), às 20h, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

O jogo
Precisando da vitória para seguir sonhando com o título, o Santos tomou a iniciativa desde o início do confronto. Com apenas dois minutos, os donos da casa, já tinham chegado com perigo ao gol de Victor em duas oportunidades. Primeiro, o atacante Arthur Gomes pedalou sobre o marcador e chutou por cima do gol. No lance seguinte, foi a vez de Bruno Henrique mandar uma bomba da entrada da área, para defesa do goleiro atleticano.

Bem movimentado, o jogo seguiu emocionante e o Atlético-MG respondeu aos três minutos. Após contra-ataque, o atacante Robinho cruzou para o artilheiro Fred, que não alcançou. Na sobra, o meia Cazares chutou na rede pelo lado de fora.

A partida continuou agitada e, aos 14, o Peixe quase chegou ao primeiro gol. Ricardo Oliveira fez fila na defesa visitante e tocou para Arthur Gomes. O jovem atacante soltou uma bomba de fora da área, muito perto do gol defendido por Victor. O arqueiro do Galo, aliás, quase entregou um gol para o adversário minutos depois. Aos 17, Lucas Lima concluiu mal, mas o camisa 1 atleticano saiu estranho. A bola sobrou para o volante Renato, que livre, mandou pela linha de fundo.

Após um começo de jogo empurrando o Atlético-MG para o seu campo de defesa, os santistas viram o duelo cair um pouco em intensidade. Porém, a equipe paulista continuava tendo o controle das ações. E foi assim que, aos 45, o Santos abriu o placar. Bruno Henrique escapou pela direita e cruzou na medida para Arthur Gomes, que apareceu na segunda trave sozinho e só cabeceou para o fundo das redes: 1 a 0.

O gol, entretanto, não trouxe a tranquilidade que os donos da casa imaginavam. O Galo voltou com uma postura mais agressiva para a etapa complementar e não demorou a chegar ao gol de empate. Aos cinco, Robinho escapou pela direita e cruzou. Fred apareceu com liberdade e desviou de cabeça, sem chances de defesa para Vanderlei.

O Peixe assimilou rapidamente o gol de empate e voltou a “martelar” em busca da vitória. O segundo gol veio aos 15. Após batida de escanteio de Lucas Lima, o zagueiro David Braz subiu mais alto do que a marcação e cabeceou no canto oposto de Victor: 2 a 1 para os santistas.

Em desvantagem, o Atlético-MG se lançou ao ataque e poderia ter empatado, após carimbar a trave duas vezes: com Robinho e o zagueiro Leonardo Silva, aos 32 e 33 minutos, respectivamente.

No entanto, o dia era mesmo do Santos e, aos 34 minutos, os donos da casa sacramentaram a vitória. Bruno Henrique fez grande jogada pela esquerda, deixou o atacante Luan no chão e levantou na área. Na segunda trave, Ricardo Oliveiralevou a melhor sobre Fábio Santos na disputa pelo ar e, de cabeça, estufou as redes: 3 a 1.

Nos minutos finais, os visitantes pressionaram e o goleiro Vanderlei apareceu em algumas boas oportunidades, ajudando os seus companheiros a saírem de campo com um importante resultado.

Calendário