Casal vende carro para abrir loja de acessórios e faz sucesso em Santos


113 dias atrás
Por: Noelle Neves/Colaboradora - Em 04/11/2017 às 14:54
Casal vende carro para abrir loja de acessórios e faz sucesso em Santos Noelle Neves/Santaportal

SANTOS - Quem passa pelo corredor do primeiro andar do Shopping Pátio Iporanga, em Santos, logo tem o olhar preso. O motivo? O quiosque da Ancorados, uma lojinha que vende acessórios e vestuários. Além das pulseiras, brincos, anéis, casacos e blusas super estilosos, os sorrisos simpáticos atrás do balcão também chamam atenção.

Adriano Oliveira Santana, de 24 anos e Vitória Paola Medeiros, de 21, namoram há quatro anos. Durante o primeiro ano de namoro, eles resolveram criar a Ancorados. “Nós queríamos algo com a nossa cara. Ancora tem o significado de amor, fortaleza, união e fidelidade. Por isso, o nome”, explicou Vitória.

O sonho de ter um negócio próprio era da jovem, mas só virou realidade com a entrada de Adriano em sua vida. “Ela sempre gostou de acessórios. Sempre foi cheia de charme, de usar pulseira e eu dei a ideia de criar a marca”, contou ele.

Tudo começou em 2014, quando Vitória Medeiros começou a vender em uma caixinha, que a professora da primeira série deu a ela, algumas pulseiras e anéis feitos por ela mesma. A jovem vendia no mercado, no colégio, no ônibus ou no trabalho. Em todos os lugares possíveis, afinal, ela levava a caixinha"para cima e para baixo".

“As pessoas foram comprando e nós começamos a investir na marca. O primeiro passo foi mudar a identidade, porque queríamos que começassem a ver a Ancorados como uma marca e levassem a sério. Mudamos a logomarca, tudo era novo”, relembrou Vitória.

Com o crescimento da procura, as pulseiras e anéis deixaram de serem os únicos produtos a serem vendidos, brincos, blusas, casacos e bonés também foram incluidos nas opções de venda. A linha masculina, encabeçada por Adriano Santana, tomou força.

De todos os produtos, apenas as peças de vestuário não são feitas por eles. Mas ainda assim, o casal participa de todo o processo. Vitória explicou que os dois pensam no design e nas estampas e que só terceirizam a confecção.

Mas, a maior conquista do casal só veio em março deste ano, quando investiram em um ponto físico. “Muita gente não comprava pelo que via só pela internet. Abrimos o ponto físico para fidelizar nossos clientes e para conquistar novos. Sem falar que no Shopping, quem passa, vê a gente”, destacou a jovem.

No entanto, para conseguir o ponto, os dois venderam o carro que tinham e ainda assim o dinheiro não era o suficiente. Segundo Vitória, muita coisa foi parcelada. Os namorados também tiveram ajuda de familiares, mas hoje a loja caminha sozinha.

É possível notar que valeu a pena todo o sacrifício. Nas redes sociais da marca, só elogios. A maioria deles falando sobre o atendimento: “Maravilhosos! Única palavra para descrever essa loja. Produtos lindos, de ótima qualidade e preço justo. Só tenho elogios. A vendedora é um amorzinho de pessoa”, disse Izadora Nunes.

O diferencial da loja definitivamente é isso: ser atendido pelos donos. Por confeccionarem os produtos, ainda caso haja dúvida sobre um material, eles podem explicar.

A grande expectativa deles agora é para o Natal, já que será o primeiro desde que a loja física foi aberta. “No ano passado, só com o e-commerce, as vendas foram muito boas. Agora tenho certeza que vai melhorar. 2017 foi um ano muito bom”, recordou o dono.

Visibilidade
O ponto físico era algo desejado, mas algo que causa muito orgulho em Adriano é a expansão da marca através de artistas. De acordo com ele, Neymar, Mc Kevinho, Sorriso Maroto, Os Travessos e outras bandas da região já usaram produtos feito por eles.

Produtos
Hoje, a loja vende anéis, brincos, bonés, blusas, casacos, pulseiras e carteiras, que variam entre R$ 10 e R$ 150, sendo os mais barato, os brincos e os mais caros,os moletom.

Os materiais usados na confecção dos produtos são pedras naturais, de resina, cristais japoneses, metais. “Nós temos uma linha Gold, e o metal usado é dos mesmos fornecedores da Arezzo, Schultz e Vivara. É uma linha exclusiva da Ancorados”, revelou Vitória.

As coleções mudam de acordo com as estações, mas sempre tem novidades. Como é confeccionado por Adriano e a namorada, as novidades chegam todas as semanas na loja.

“Temos datas de criações, mas preciso estar inspirado pra criar. São ideias da minha cabeça. Combinação de cor, pingentes. Nas pulseiras de couro, eu me inspiro em marcas de outros países e vou tentando aplicar o que eu tenho na cabeça com outras ideias que eu tiro de fora”, contou o jovem.

O tempo de criação dos produtos varia. Para abrirem a lojinha, o casal fez um estudo. Conforme eles, em uma hora, podem ser feitos 15 mix de mulher, que consistem em sete pulseiras cada. No caso das pulseiras masculinas, podem ser feitas entre 25 e 30, devido aos adereços, que são diferentes.

No Dia das Crianças, também foi lançada a linha kids. As pulseiras infantis antes eram feitas apenas sob encomenda, mas devido ao sucesso no dia voltado para os pequenos, resolveram vender, com o objetivo de agradar as crianças estilosas.

Eles também aceitam encomendas especiais de qualquer produto, que ficam prontas de dois a cinco dias.

Em primeira mão, Vitória ainda revelou ao #Santaportal que está analisando a possibilidade de incluir nas vendas outros produtos, como óculos de sol, relógios e anéis masculinos.

Para adquirir os produtos, basta acessar o e-commerce da Ancorados ou visitar a loja, que fica no primeiro andar do Shopping Pátio Iporanga, ao lado do CineRoxy. O funcionamento é de segunda a sábado das 10h às 22h e domingos e feriados das 15 às 21h.

“Eu amo o produto que eu vendo. Eu acredito muito na qualidade. Além disso, nós podemos agregar na vida das pessoas. Eu tenho uma cliente, que tinha câncer. Ela se sentia muito bem os acessórios. Isso é uma coisa que conta muito. Porque não é só pra deixar a pessoa bonita, acessório traz poder. Eu gosto é mesmo de vender miçanga”, finalizou a proprietária.

Calendário