Morre aos 73 anos o empresário Armênio Mendes


224 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 13/10/2017 às 12:07
Morre aos 73 anos o empresário Armênio Mendes Arquivo/#Santaportal

(Atualizado às 16h31)


LUTO - O empresário Armênio Mendes , 73 anos, faleceu hoje (13), por volta das 11h15, no hospital Albert Einstein, em São Paulo onde estava internado tratando de um câncer. A previsão é que corpo chegue em Santos ainda hoje. O empresário deixa a mulher, três filhos e netos. O velório começa hoje (13) à noite e o enterro será amanhã (14) .

Em nota, a Prefeitura de Santos decretou luto oficial de três dias. "É com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento do empresário Armênio Mendes. Empreendedor, de coragem, que começou com uma loja de bicicletas e se tornou um dos maiores empresários da Cidade e do País. Neste momento de dor, nos solidarizamos com a família, que perde seu ente querido, mas certamente a Cidade e a região perdem também um grande visionário, que acreditou em Santos, aqui deixou seu legado e contribuiu para a transformação da vida de milhares de pessoas em Santos e na Baixada Santista. Em razão da sua relevante atuação, vamos decretar luto oficial por três dias."

Armênio Mendes é um dos mais importantes empresários da Baixada Santista. Nasceu em 2 de agosto de 1944 em Chão de Couce , distrito de Leiria em Portugal.

Armênio é um dos 4 filhos de Adriano Mendes, o pai que se foi quando ele tinha 12 anos e que mal conheceu, e de Maria do Carmo Medeiros, a qual vive ainda hoje em Chão de Couce – uma vila do distrito de Leiria que está no eixo de três grandes cidades: Coimbra, Pombal e Tomar.

Ainda em Portugal, Armênio começou a trabalhar aos 11 anos como oleiro até os 14 anos. Entrou depois em uma marcenaria, onde trabalhou durante 4 anos.

Aos 18 anos, como Armênio – então, em época da sua conscrição – não queria fazer a vida militar nas colônias portuguesas ultramarinas na África – Angola, Guiné, Moçambique –, resolveu emigrar com uma licença militar pré-requerida.

Chegado a Santos no navio Cabo de São Vicente no dia 18 de abril de 1963 partindo de Lisboa graças a uma carta de chamada assinada por 2 portugueses que já moravam em São Paulo e que estavam de férias em Portugal, Armênio foi morar em Vicente de Carvalho com um tio seu também português que trabalhava em um açougue.

Armênio então trabalhou durante 11 meses em um estaleiro do distrito guarujaense pertencente à família Stipanich, emprego que o seu tio lhe arrumou. Depois, veio a trabalhar também fazendo aterros com um caminhão basculante e em uma oficina de bicicletas.

Armênio veio a ingressar na vida de empreendedor da construção em 1975 – ao notar o seu potencial melhor com a construção do que com o caminhão ou bicicletas – ao fundar a Miramar Construtora, a 1ª empresa das que hoje formam o grupo Mendes – o qual possui edificados diversos casas e edifícios residenciais bem como produtos ligados ao entretenimento: shopping centers (a exemplos do Miramar Shopping, do Praiamar Shopping e do Brisamar Shopping), hotéis, centros de convenções, rádios (a exemplo da rádio Jovem Pan FM Santos) e outros.

Ainda praticamente à época em que Armênio fundou a construtora, formou-se em Administração de Empresas na turma de 1980 da USP bem como mestrou-se e doutorou-se na Universidade McGill canadense.