Depois de dez anos, Ação da Cidadania volta com a campanha Natal Sem Fome


10 dias atrás
Por: Santaportal e Agência Brasil - Em 13/10/2017 às 09:33
Depois de dez anos, Ação da Cidadania volta com a campanha Natal Sem Fome Arquivo / Agência Brasil

SOLIDARIEDADE - A organização não governamental Ação da Cidadania volta neste domingo (15), a fazer, pela primeira vez em dez anos, a campanha Natal Sem Fome, devido à crise econômica que atinge o país. A ação, que arrecada e distribui alimentos para famílias pobres em 18 estados, foi realizada de 1993 a 2006.

Segundo o presidente do conselho da ONG, Daniel Souza, a campanha deixou de ser realizada há dez anos devido à avaliação da organização de que o governo vinha combatendo a fome e que, por isso, a ação não era mais necessária.

“O que a gente está percebendo agora, com essa crise que a gente está vivendo, que o Brasil está voltando para o Mapa da Fome [da FAO, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação]. Então, a gente que há dez anos não arrecada alimentos, está olhando com grande tristeza para a perspectiva de ter que relançar o Natal Sem Fome”, disse Souza.

O evento ocorre de 10h às 12h no Aterro do Flamengo. O objetivo é arrecadar cestas básicas, que também podem ser doadas no site www.natalsemfome.org.br. No dia serão recebidos alimentos não perecíveis. Uma grande mesa será montada entre as passarelas da rua Barão do Flamengo e do Hotel Novo Mundo.

O legado de Betinho
Betinho idealizou e colocou em prática o movimento Ação da Cidadania Contra a Miséria, a Fome e pela Vida, em junho de 1993, formando uma imensa rede de mobilização de alcance nacional para ajudar 32 milhões de brasileiros que, segundo dados do Ipea, estavam abaixo da linha da pobreza.

Um movimento social que nasceu em 1993 baseado em um conceito simples: SOLIDARIEDADE, TODOS NÓS PODEMOS.

Entre 1993 e 2005 foram arrecadadas 30.351 toneladas de alimentos em todo o Brasil, beneficiando 3.035.127 famílias.

Entre 2006 e 2010 foram distribuídos 2.300.000 brinquedos e 500.000 livros em todo o país.

Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida se transformou no movimento social mais reconhecido do Brasil. Seu principal eixo de atuação é uma extensa rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada, em sua maioria compostos por lideranças comunitárias, mas com participação de todos os setores sociais.