Família do Guarujá faz apelo para que bebê de apenas 8 meses tenha acesso a remédio de R$ 3 milhões


84 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 25/08/2017 às 17:13

GUARUJÁ - Há pouco tempo, Lara Cristina Fernandes, mãe da pequena Maya Fernandes Degliomini de apenas 8 meses, descobriu que a filha não firmava a cabeça desde os quatro meses de idade e que tinha dificuldades respiratórias. Preocupada, Lara levou a menina em diversos hospitais, onde passou por vários médicos e realizou muitos exames. Veja o vídeo acima.

Após os exames, a bebê foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME), uma doença degenerativa e de origem genética. A doença não tem cura, mas existe uma forma de interromper o avanço dela. No entanto, o tratamento é inédito no Brasil e o medicamento, que só existe nos Estados Unidos, custa R$ 3 milhões.

Sem saber como conseguir tanto dinheiro em pouco tempo, a mãe de Maya lançou uma campanha nas redes sociais: AME MAYA 2017 . Nesta página ela irá arrecadar doações em dinheiro para financiar o tratamento da menina.

Segundos os médicos, sem os medicamentos necessários, Maya terá apenas mais um ano e meio de vida.

A família chegou a gastar cerca de R$ 15 mil para descobrir qual o problema de saúde de Maya. Agora, ela está entrando nos respiradores artificiais noturnos e daqui a um período de 15 dias ela comerá uma alimentação direta por sonda.

As arrecadações no momento alcançam por volta de 8 a 10% do valor necessário para o investimento. Quem quiser ajudar pode acessar a fanpage da campanha no facebook.

Calendário