Caso Neymar: Barcelona terá que pagar 2 milhões de euros ao Santos FC, determina FIfa


11 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 13/07/2017 às 19:50
Caso Neymar: Barcelona terá que pagar 2 milhões de euros ao Santos FC, determina FIfa Lucas Figueiredo / CBF / Arquivo

FUTEBOL -A Fifa condenou hoje (13) o Barcelona a pagar 2 milhões de euros, cerca de R$ 7,3 milhões, além de juros, ao Santos Futebol Clube. A ação faz parte da briga judicial entre os clubes e o atacante Neymar. No início da semana o pedido do Peixe para punir tanto Neymar quanto Barcelona foi julgado improcedente pelo mesmo órgão.

Apesar de não ser notificado sobre o motivo dessa punição ao time da Espanha, o Santos já questiona os valores divulgados, pois acredita que terá que receber mais dinheiro. A ação é sobre a transferência do atacante ao clube catalão. O Peixe divulgou uma nota para falar do andamento do processo (leia abaixo na íntegra ).

Caso a punição esteja relacionada ao valor da transferência do atleta, que ocorreu em 2013, o Peixe terá que dividir o valor com o grupo de investidores DIS, que detinha 40% do atacante e a Teisa, com 5%.

Outra possibilidade sobre a punição seria uma cláusula contratual na venda do atleta que previa prêmio de 2 milhões de euros caso o atacante ficasse entre os três melhores do mundo, como ocorreu em 2015. O dinheiro estava depositado em juízo para que assim que a denifição da Fifa fosse decretada ocorreria o pagamento ao Santos.

Mesmo caso, outra decisão
O pedido do Santos Futebol Clube para punir tanto Neymar quanto Barcelona foi julgado improcedente pela FIFA. A informação foi divulgada ontem pela NN Consultoria, empresa da família do jogador.

A base da ação seriam irregularidades na transferência do atleta. O Santos pedia, desde 2015, a suspensão de seu ex-jogador por seis meses por ter negociado com o Barcelona da Espanha, seu clube atual, antes do prazo permitido.

Neymar, por sua vez, sempre declarou ter uma carta do.ex-presidente Luís Álvaro autorizando a negociação. O Santos, que ainda não foi notificado oficialmente sobre a decisão, tem 10 dias para recorrer da decisão. Caso contrário ela se torna definitiva.

Nota do Peixe

Santos FC recorrerá para obter decisão ainda mais favorável na demanda contra o Barcelona.

No dia 27 de maio de 2015, Santos Futebol Clube (SFC) requereu o início de uma demanda arbitral diante da FIFA contra o Futebol Club Barcelona (FCB) e outros (conjuntamente indicados como Demandados), cujo objeto era a transferência do jogador Neymar Jr ao FCB. Hoje, a FIFA comunicou sua decisão que julgou procedente em parte a arbitragem. De acordo com a decisão do árbitro único, o FCB foi condenado a pagar ao SFC o valor de dois milhões de euros, mais juros de 5% ao ano desde 31 de maio de 2015.

A FIFA comunica apenas o resultado final. Por isso não conhecem os fundamentos jurídicos que o tenham justificado. Entretanto, em que pese o fato de a demanda arbitral ter sido julgada procedente em parte, SFC considera que os argumentos apresentados à FIFA são sólidos e suficientes para uma indenização de valor maior do que a condenação já estabelecida contra o FCB.

Assim, SFC tem a convicção sobre seus direitos e tem provas mais do que suficientes das graves violações perpetradas pelos Demandados. Nesse sentido, em sua decisão de 4 de maio de 2017, o juiz espanhol – Juez de Instrucción Central de España del Procedimiento Abreviado Penal No. 62/2015 -, considerou que os Demandados “descumpriram” contumazmente as normas da FIFA. Em consequência, SFC recorrerá ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Zurich, que é a instância superior às decisões da FIFA, para que o TAS resolva as questões em litígio e o SFC confia em obter uma decisão ainda mais favorável no TAS.