TEP Unisanta apresenta três temas teatrais no 21º FESCETE


66 dias atrás
Por: Assecom/Unisanta - Em 13/06/2017 às 10:24
TEP Unisanta apresenta três temas teatrais no 21º FESCETE Divulgação

TEATRO - O Teatro Experimental de Pesquisas (TEP) Unisanta participa do 21º Festival de Cenas Teatrais (FESCETE) de Santos, que acontece de 15 a 30 de junho. Com os temas “EXODUS”, “As Quatro Esposas – Um Conto Chinês” e “O Homem que Suava Pérolas”, o grupo irá se apresentar ao público em diversos palcos da Cidade. No geral, o evento terá mais de cem cenas curtas, de até 15 minutos, distribuídas em monólogo e cena (adulto, infantil e estudantil).

A Cerimônia de Abertura “Lona Aberta, Céu Estrelado” acontece no próximo dia 15, às 20h, no Teatro do SESC, em homenagem ao ator e diretor Dagoberto Feliz. Às 21h, entra em cena o espetáculo “Palhaços”. Os ingressos estarão disponíveis no local, no dia da apresentação, a partir das 10h. O SESC fica na Rua Conselheiro Ribas, 136, no bairro da Aparecida, em Santos.

A primeira cena a ser apresentada pelo TEP será “EXODUS”, uma Colagem Entrópica com atuação solo de Gilson de Melo Barros, sob direção de Fabíola de Moraes e iluminação de Maurício Garcia. O trabalho se desenvolve através de uma averiguação crítica sobre mazelas políticas, pelas quais o Brasil atravessa atualmente. Melo Barros apresentará fragmentos de textos e citações de Eurípedes, Jean Paul Sartre, Manuel Bandeira, Caetano Veloso e Marcos Vale. A apresentação acontece no dia 17/06, às 19h, no Teatro Guarani.

No dia seguinte, também pela categoria Monólogo, será apresentada a cena “As quatro esposas - um conto chinês”, uma adaptação para o teatro de um conto milenar chinês, que aborda, sob a forma de fábula, questões essenciais da ética e da moral. O solo é de Tales Ordakji (ex aluno do Colégio Santa Cecília e integrante do elenco fixo do TEP), sob a direção de Gilson de Melo Barros, figurinos de Lindalva Parolini, cenografia de Gilson Barros e iluminação de Maurício Garcia. A apresentação acontece no Teatro Guarani, às 19h do dia 18/06.

Na última semana do festival, o TEP encerra suas apresentações com “O homem que suava pérolas”, desenvolvido com os 12 atores do grupo, sob a direção de Gilson de Melo Barros. O trabalho trata de uma abordagem crítica ao desenvolvimento e espraiamento da corrupção no Brasil, vista através do olhar ácido de seus poetas.

No recorte a ser apresentado – Brasil Colônia – são usados como referências textos de Padre Antônio Vieira e Gregório de Matos em um viés sobre a questão indígena e introdução ao trabalho escravo. A cena será apresentada no dia 27/06, às 19h, no Teatro Municipal Brás Cubas.

Para a realização da performance foi seguida a ordem cronológica dada pelo roteiro cinematográfico, assim como as resenhas de câmera e andamentos nele assinaladas, incorporando a estes elementos teatrais dados pela utilização de cenografia incidental, participação de atores e o uso renitente da sonoplastia, onde se homenageia o artista já falecido, e antigo colaborador do grupo, Wagner Parra.

Além destes elementos de construção, o trabalho propõe uma interatividade com a plateia em vários momentos do seu desenvolvimento, sendo esta convidada a redesenhar o espaço da encenação, registrar em fotos e filmagens o seu transcorrer, e, por vezes, trocar de lugar com os atores da cena.

A Unisanta é uma das apoiadoras do FESCET. Confira as datas e locais de apresentação do TEP Unisanta:

17/6 – Teatro Guarany, a partir das 19 horas

18/6 – Teatro Guarany, a partir das 19 horas

27/6 – Teatro Municipal Braz Cubas – 19 horas