Cia de Dança de Cubatão conquista seis medalhas em festival nos EUA


130 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 13/06/2017 às 11:48
Cia de Dança de Cubatão conquista seis medalhas em festival nos EUA Divulgação/Prefeitura de Cubatão

CUBATÃO - A Cia de Dança de Cubatão conquistou seis medalhas no festival Valentina Kozlova, em Nova York, no último fim de semana. O resultado saiu na noite deste sábado (10) no Teatro Symphony Space. De volta ao Brasil, o grupo apresenta para a comunidade as coreografias campeãs hoje (13), às 16 horas, no saguão do Paço Municipal (Praça dos Emancipadores, s/nº).

O Valentina Kozlova é um dos festivais de dança mais reconhecidos do mundo e reúne as melhores equipes de todo o planeta. O grupo de Cubatão ficou a medalha de ouro com dueto "Apenas...", interpretado por Jey Santos e Yasmin Matos. Já o conjunto "Implexis" garantiu a prata. Além de Jey e Yasmin, outros bailarinos como Beatriz Pinheiro, Claudionor Alves, Isabela Maria, Isabella Oliveira, Karyne Dantas e Raphael Santos participaram da competição.

As coreografias solo também foram premiadas, como a "Efêmero", interpretado por Yasmim, e a coreografia "Por quê", dançado por Jey, que ficaram com o bronze. "Implexis" foi medalha de prata e "Apenas" medalha de bronze, pelas quatro montagens classificadas no festival criadas pela bailarina Flávia Sá. Agora, a companhia apostou em montagens intimistas de Dança Contemporânea, o que mostra a versatilidade da equipe.

A diretora artística da Cia fala do grande sonho realizado pelos artistas em dançar no coração de Nova York. "É realmente incrível perceber onde chegamos. E sabemos o quanto batalhamos para estar aqui. A participação no Festival, as medalhas, o reconhecimento de todo trabalho que temos feito com tanto carinho, tudo é prêmio. Estamos imensamente felizes", disse a coordenadora da equipe, Vanessa Toledo. Sempre de olho no futuro, buscando oportunidades para o grupo crescer.
Em julho, o destino do grupo é o Festival de Dança de Joinville, considerado maior do mundo no gênero competitivo, onde disputará com a coreografia "Amores Crônicos", de Zeca Rodrigues.

Antes de retornar a Cubatão, os bailarinos fizeram aulas na região de Broadway Center, escola formadora de bailarinos e atores para musicais; participaram das oficinas Sheila Barker e Sam, ex- bailarino de Madonna; conheceram várias escolas de dança, assistiram musicais, espetáculos da Broadway e experimentaram alguns passos na Times Square.