Suspeitos de matarem o jovem Gabriel Aquino teriam confessado o crime aos familiares e amigos


157 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 17/05/2017 às 21:48

POLÍCIA - Em entrevista coletiva, realizada na tarde de hoje (17), a Polícia Civil afirmou que os suspeitos de matarem o jovem Gabriel Aquino Muniz, de 19 anos, haviam confessado para familiares e amigos a autoria do crime. A vítima foi assaltada e morta pelos criminosos no dia 18 de abril, em São Vicente.

Wisman Francisco Xavier, de 34 anos, foi preso na última segunda-feira (15) no centro de São Vicente. Já o irmão, Willian Leão Machado, de 29 anos, foi detido no dia 2 de maio, por cometer um crime semelhante ao que vitimou Gabriel .

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos são moradores de rua e cometiam os crimes para comprar drogas. Na maioria das vezes agiam da mesma forma. “Primeiro ataca para depois anunciar o roubo. As pessoas do círculo familiar e de amigos reconheceram os criminosos no vídeo, e inclusive eles chegaram a confessar para eles que tinham cometido o crime", explica o delegado Renato Mazagão Junior.

Imagens das câmeras de monitoramento do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) mostram os dois suspeitos na cena do crime. Nas imagens é possível ver Wismam passando à pé pela avenida Martins Fontes, conhecida como Linha Amarela. Pouco depois a vítima passa de bicicleta pelo mesmo local. Dois minutos depois, William passa pela via com a bicicleta da vítima.

Os irmãos aguardam prisão preventiva no 5ª DP de Santos. Se condenados, podem pegar até 20 anos de detenção. "Serão processados sem dúvida nenhuma. A família ainda espera também, se possível for, identificar outras pessoas que tiveram envolvimento direto ou indireto que sejam qualificadas e processadas”, alega o advogado da família da vítima Mário Badures.

Por causa dessa investigação, outros crimes foram descobertos. "Furto, roubo, crimes de patrimônio", finaliza o delegado.

Entenda o caso

O jovem saiu para visitar a namorada no dia 17 de abril, no bairro Saboó, em Santos. Mas como Gabriel não chegou em casa, os pais dele ficaram preocupados. Os familiares passaram a procurar pelo estudante, até que o seu corpo foi encontrado no dia seguinte, em um terreno baldio na Avenida Martins Fontes, no bairro Catiapoã, em São Vicente. O corpo do jovem foi encontrado com perfurações de faca no abdômen.