Lançada campanha Março Amarelo que tem a finalidade de prevenir doenças renais em gatos


128 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 20/03/2017 às 12:05
Lançada campanha Março Amarelo que tem a finalidade de prevenir doenças renais em gatos Divulgação/Prefeitura Municipal de Cubatão

CAMPANHA - Março é considerado o mês internacional do rim. Com a finalidade de previnir e estimular o diagnóstico precoce da doença renal crônica (DRC) nos gatos, A Elanco empresaque desenvolve, produz e comercializa produtos para a saúde animal e produção de proteína em mais de 75 países, promove o segundo ano da campanha Março Amarelo - amarelar é amar.

A incidência da DRC é mais alta nesses animais. O foco da campanha consiste em estimular os donos a levarem seus felinos com mais frequência ao veterinário.

A DRC é uma das principais causas das idas dos gatos ao veterinário, a doença atinge cerca de 60% dos animais idosos. Gatos com mais de 9 anos que têm a doença está entre os 20 e 50% dos casos. Ela também é três vezes mais frequente em gatos do que em cães.

"A doença apresenta sintomas apenas em estágio avançado, quando os rins do animal estão com 75% de sua função comprometida, o que torna os check-ups periódicos fundamentais para identificação da DRC em fase precoce e tratamento adequado, evitando o sofrimento do animal”, alertou Bruna Tadini, médica veterinária de Animais de Companhia da Elanco.

Os principais sintomas nos felinos são a perda de apetite, perda de peso, aumento no consumo de água, aumento na frequência da urina, deterioração na pelagem, cansaço, fraqueza, vômitos, feridas na boca e mau hálito. Para descobrir o diagnóstico definitivo só por meio exames de sangue, urina e ultrassom abdominal, complementados com a aferição da pressão arterial.

Terapia
Quando é detectada a doença no animal, primeiro é levado o grau e a evolução da doença. São utilizados Medicamento orais específicos para diminuir a perda de proteínas pela urina causada pela DRC.

Também controlar a alimentação do animal é Imprescindível, pois dietas com muita proteína ou grande quantidade de fósforo contribuem para o agravamento da doença renal.

A nutrição adequada pode ser feita pelo uso da ração comercial específica ou dieta caseira balanceada com a recomendação de um veterinário.