Fim do tabu! Após oito anos, Santos perde de virada do São Paulo na Vila Belmiro


97 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 16/02/2017 às 00:31
Fim do tabu! Após oito anos, Santos perde de virada do São Paulo na Vila Belmiro Divulgação/Santos FC

FUTEBOL - Após oito anos sem perder do São Paulo em casa, o Santos foi superado pelo rival na noite desta quarta-feira (15), na Vila Belmiro. O Tricolor Paulista ganhou de virada, por 3 a 1, em clássico válido pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Copete abriu o placar para o Peixe, mas Cueva, de pênalti, e Luiz Araújo (2) marcaram os gols da vitória são-paulina.

O Alvinegro Praiano perdeu o jogo e os 100% de aproveitamento na competição, caindo para a vice-liderança com os mesmos seis pontos que a Ponte Preta, mas na frente por causa do saldo de gols (3 contra -1). Já o São Paulo se isolou na liderança do Grupo B com seis pontos. Essa foi a segunda vitória seguida do time tricolor.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado (18) pela quarta rodada. O Santos recebe a Ferroviária às 19h30 na Vila Belmiro e o São Paulo enfrenta o Mirassol, no mesmo horário, no Morumbi.

O jogo
O Peixe começou o clássico dando a impressão de que o primeiro tempo seria um bombardeio ao gol adversário. Melhor nos primeiros minutos, o Santos chegou ao gol com o atacante Copete. O colombiano completou de cabeça para o fundo do gol, após linda jogada de Vitor Bueno, que deixou Buffarini no chão: 1 a 0 para os santistas, aos dez minutos.

Aos poucos, o São Paulo conseguiu equilibrar a partida e chegou ao empate aos 36. Zeca empurrou Gilberto dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, convertido pelo peruano Cuevas, que rolou a bola no canto esquerdo de Vladimir. Thiago Maia se irritou com a comemoração do atacante rival e um princípio de confusão se instaurou dentro de campo.

Depois disso, os dois times não criaram mais lances de perigo até o intervalo.

Na volta para a etapa complementar, o técnico Rogério Ceni corrigiu algumas falhas defensivas de sua equipe. Por outro lado, o Peixe caiu bruscamente de produção.

Sem a mesma força no ataque demonstrada no primeiro tempo, com uma transição mais lenta para o campo de ataque e muitos erros de passe, o Santos passou a ser ameaçado pelos são-paulinos nos contra-ataques.

Aos dez minutos, Lucas Lima perdeu a bola no meio-campo e o São Paulo partiu no contragolpe. Luiz Araújo recebeu de Gilberto, ganhou na velocidade da zaga, driblou Vladimir e bateu para o gol aberto. Em busca do empate, o Peixe quase marcou com Rodrigão, que cabeceou para defesa de Sidão.

Em mais um contra-ataque, o Tricolor Paulista marcou o terceiro, aos 28. Cueva fez boa jogada individual e rolou para Luiz Araújo, que dominou e bateu no cantinho.

Tranquilo no placar, o time tricolor passou a tocar a bola esperando o tempo passar. Thiago Maia ainda evitou o quarto ao salvar chute de Gilberto em cima da linha.

Os santistas também reclamaram bastante de arbitragem, que não marcou um pênalti em Thiago Ribeiro, aos 41.

Porém, apesar de o Santos ter tentado pressionar no final, o São Paulo garantiu a vitória e encerrou um tabu de quase oito anos sem derrotar o rival na Vila.

Calendário de notícias