Um dia para lembrar e não repetir: hoje é o aniversário do golpe de 64. Veja mais do 31/3


452 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 31/03/2016 às 16:21
Um dia para lembrar e não repetir: hoje é o aniversário do golpe de 64. Veja mais do 31/3 Reprodução

NESTE DIA - Bom dia! Neste dia, em 1964, um dia para ser sempre lembrado e nunca repetido: um golpe de estado depõe o presidente João Goulart e instaura um regime militar no qual os presidentes eram escolhidos entre generais. O primeiro presidente deste período foi Castelo Branco. Entre as principais mudanças desse período estão o fim das eleições para presidente, o bipartidarismo, com a Arena sendo a situação e o MDB unindo a oposição. Foi um período marcado por lutas políticas intensas, prisões, torturas, desaparecimentos, censura aos meios de comunicação e exílios. O regime militar só acabou em 1985, quando Tancredo Neves derrotou Paulo Maluf no Colégio Eleitoral e se tornou o primeiro civil eleito presidente em 25 anos.

O RMS Titanic começou a ser construído em 31 de março de 1909 e seria completado 3 anos depois. O resto da história é conhecido de todos: em sua viagem inaugural ele afundou após bater em um iceberg, matando 1500 pessoas.

Também neste dia, em 1889, a Torre Eiffel foi oficialmente aberta à visitação como parte das celebrações da Feira Mundial daquele ano. A torre foi inicialmente criticada por intelectuais e artistas mas acabou se tornando um ícone da França e um dos passeios mais charmosos do mundo, com três níveis de visitação, incluindo um (o segundo) com restaurantes e bares. Foi durante mais de 40 anos (até 1930) a estrutura construída pelo homem mais alta do mundo. Recebe mais de 200 milhões de visitantes por ano.

O alemão Johann Sebastian Bach, um dos mais importantes compositores da música erudita. Ele nasceu em 1685 e morreu em 1750. Outro compositor clássico que nasceu em 31 de março foi Joseph Haydn (1732-1809). Também nasceram neste dia o poeta ucraniano Nikolai Gogol (1809-1852), o ator americano Richard Chamberlain (1934), o pianista também americano Arthur Rubinstein (1938), o ator Christopher Walken (1943), o político e ambientalista americano Al Gore (1948) e o ator escocês Ewan McGregor (1971).