Prof Alexandre Quartzo - Terapia Ortomolecular e NutriFuncional Prof Alexandre Quartzo - Terapia Ortomolecular e NutriFuncional

Colesterol: Revelações pela visão Nutricional

Tão falado, temido e mal entendido, causador de medidas alarmantes, colaborador nas complicações cardiovasculares, o colesterol carece de um olhar profundo e abrangente.

Por ter duas ações distintas à nossa saúde, uma vital e outra lesiva, o colesterol precisa ser bem administrado. É essencial à nossa saúde, sendo produzido por nosso metabolismo de proteínas, açúcares e gorduras. A produção do colesterol recebe alguns estímulos, não sendo necessário o recebermos em nossa dieta. Um deles é a ingestão de calorias, quanto mais a ingerimos, mais colesterol produzimos, outro fator é o estresse nervoso. Por ser formador dos hormônios do estresse , existe esta ligação.

Viver o estresse nervoso, aumenta nosso colesterol.

O Colesterol conhecido por ‘’mau’’ é o LDL ( low density lipoprotein), tem essa fama por transportar os lipídios(gorduras) para as paredes das artérias.

O HDL ( high density lipoprotein) conhecido como o ‘’bom’’ transporta-o para o fígado e tem ação protetora nos distúrbios cardíacos como nos infartos, tendo como função manter a fluidez das membranas celulares, produzir hormônios esteróides ( progesterona, estrógeno, testoterona) e adrenais ( aldosterona e cortisol ) , vitamina D e sais biliares.

Nossa pele precisa de suficiente colesterol para proteger-se das agressões do sol, do vento, da água do mar, da desidratação, de rachaduras e de infecções.

É bem conhecida a quantidade de pessoas que sofre dislipidemias (aumento de colesterol e triglicérides no organismo) e possuem vulnerabilidade aos infartos. A classe de medicamentos que visa controlar essa desordem são os hipolipemiantes, cujo componente principal são as diversas estatinas, de grande utilização e prescrição.

Há fortes controvérsias sobre a ação dessas estatinas no organismo. Vamos descrever sobre a realidade desses redutores artificiais e protésicos do colesterol: sobrecarregam o fígado, interferindo na capacidade interna de detoxificação ( eliminação de toxinas químicas e alimentares), podem alterar a produção dos hormônios sexuais e adrenais, a manutenção da integridade das artérias, a produção e ação das enzimas gastrointestinais.

As drogas que reduzem o colesterol tem esse resultado por inibir a enzima 3-hidroxi-3-metilglutaril-coenzima A ( HMG-coA) – ácido mexalônico.

Em nosso organismo a formação de energia se inicia em cada célula e sintetiza a ATP , uma molécula de energia indispensável à vida. Esse ciclo depende da coenzima Q10. O ácido mexalônico bloqueia sua biossíntese, prejudicando uma série de funções da coenzima Q10 . Entre elas, as funções da musculatura cardíaca, funções da memória, circulação do oxigênio por todo o corpo - em especial pelo cérebro e coração-, preservação das gengivas, proteção imunológica a alergias e ao câncer.

Concluímos que o ser humano, atualmente exposto como nunca, a fatores agressivos oxidativos, está mais desprotegido também à oxidação do colesterol , o que o torna nocivo . Um organismo que recebe alimentação qualitativa e disciplinada e suplementação nutricional é capaz de manter-se em equilíbrio por muito mais tempo, seguindo seu ritmo ao envelhecimento cronológico e celular de maneira preservada. Sobre a idade celular os recursos nutricionais e ortomoleculares possuem profunda ação regeneradora.

A alimentos e suplementos que contenham aminoácidos como, cisteína, metionina,taurina, minerais como o cromo, zinco,molibdênio,enxofre e ácidos graxos como os ômegas 3 e 6 – encontrados nos peixes, óleo de linhaça, óleo de prímula entre outras fontes, fornecem apoio nutricional e funcional qualitativo frente às alterações de colesterol e triglicérides. Esta postura alimentação e suplementação nutricional deve ser associada à atividade física adaptada ao perfil do indivíduo.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: #Santaportal
  • Postado em: quarta-feira, 18 abr 2018 10:34Atualizado em: quinta-feira, 19 abr 2018 08:23
  • coração   colesterol   nutricional   
     
Sobre
Muito mais importante do que remediar é prevenir. Em saúde, este assunto é ainda mais importante. Aqui neste espaço você vai encontrar textos de gente que entende do assunto e promoção de uma vida saudável, no corpo e na mente.