REPRODUÇÃO REPRODUÇÃO

Dor no quadril? Pode ser a Síndrome do Piriforme

Primeiro de tudo, vocês sabem o que é piriforme? É um músculo que fica na região profunda dos glúteos (bumbum), e é responsável pela rotação da coxa, principalmente. Veja na figura abaixo que o nervo ciático, o maior nervo do corpo humano, sai da região lombar e vai até o dedão do pé e está abaixo do músculo piriforme na altura da região sacral (quadril).

blog2020392345857.jpg

Quando ocorre uma pressão fora do normal, uma contratura ou lesão do músculo piriforme, o ciático sofre uma irritação, podendo inflamar e causar uma dor aguda no quadril, glúteos e até mesmo na perna. Em geral na perna direita. Algumas vezes, pode dar dor na lombar também, pois o nervo irradia por toda a sua extensão dependendo do grau da inflamação.

Existe um percentual da população, em torno de 10%, que tem o nervo ciático passando por dentro do músculo piriforme, e isto aumenta muito a probabilidade de se desenvolver a síndrome do piriforme.

Resumindo, quando há uma compressão muito forte do músculo sobre o ciático, a grandes possibilidades da dor no glúteo, quadril, irradiando na perna e até lombar podem ser pelos seguintes fatores:

Treinos excessivos para o glúteo (hipertrofia);

Ficar muito tempo sentado, pressionando a região;

Lesões ou traumas nesta região;

Espasmo muscular local;

Alguns esportes como: ciclismo, triatlon, treinos com subidas íngremes e irregulares;

Sentar-se em cima da carteira (homens têm o costume de guardar a carteira no bolso de trás da calça).

Se já está com dor, o melhor é consultar seu médico, fazer exames para identificar que se trata disto mesmo e fazer o tratamento recomendado até que a dor diminua. Não fique tomando remédio para dor e encobrindo algo que pode ser muito sério.

Para não ter mais e após o tratamento, faça exercícios para fortalecer os músculos do glúteo e do abdômen, sim do abdômen, ele é a base de nosso corpo. Ninguém gosta de fazer abdominais, mas ele é fundamental para a saúde, postura e resistência de nosso corpo.

Pode alongar? Sim e existem alguns alongamentos simples e eficazes que aliviam imediatamente a dor. Vou colocar a foto de um abaixo, meu favorito, mas lembre-se, procure um profissional de Educação Física para lhe orientar corretamente na execução dos exercícios.


blog2020392452487.jpg

Fique de 20 a 30 segundos nesta posição com cada perna e faça 1x ao dia se estiver com muita dor, e até 3x ao dia, na medida que a dor for diminuindo.

Como sempre digo a vocês, nenhum exagero é bom, nem o excesso de exercício e nem o sedentarismo. Procure sempre o equilíbrio e deixe as dores para os atletas profissionais. Leve a vida LEVE! :-) 

Grande abraço e ótima semana.

 

 

  • Publicado por: Elisabeth Victorazzi
  • Postado em: segunda-feira, 09 mar 2020 10:21

Comentários (0)

Enviar Comentário
     
Sobre
Muito mais importante do que remediar é prevenir. Em saúde, este assunto é ainda mais importante. Aqui neste espaço você vai encontrar textos de gente que entende do assunto e promoção de uma vida saudável, no corpo e na mente.