Porto de Vitória terá dois novos investimentos estratégicos

O Porto de Vitória deve ter anunciados dois grandes investimentos estratégicos anunciados já na próxima semana, durante a reunião do conselho de ministros do Programa de Parceria de Investimentos.

A primeira novidade é o arrendamento de uma área de 70 mil metros quadrados no Cais de Capuaba para a operação de granéis (de commodities a soda cáustica).

O segundo investimento é uma iniciativa inédita no Brasil: a concessão de um porto inteiro à iniciativa privada, o de Barra do Riacho, em Aracruz. 

Enquanto o primeiro deve melhorar a musculatuta do Porto de Vitória para competir com outros portos do país e gerar um lucro de 450 milhões de reais ainda este ano, o segundo deve representar investimentos da ordem de 1,5 bilhão de reais.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Maxwell Rodrigues
  • Postado em: sábado, 19 ago 2017 11:36Altualizado em: domingo, 20 ago 2017 12:40
REPRODUÇÃO REPRODUÇÃO

Porto de Suape terá terminal para movimentar carga a granel

O Porto de Suape terá um terminal para fazer a movimentação de carga a granel, tipo de operação que até hoje não ocorre no ancoradouro. A Agrovia – que tem como sócio majoritário a Odebrecht Transporte – iniciou os trâmites burocráticos para implantar uma expansão do seu terminal. O projeto inclui a instalação de seis silos, cada um com capacidade de armazenar até 5 mil toneladas. “Essa ampliação demandará um investimento de R$ 80 milhões a ser realizado até 2019”, informa o vice-presidente de Suape, Marcelo Bruto.

O terminal da Agrovia começou a funcionar no final do ano passado para movimentar açúcar ensacado. “Aqui, a empresa continua investindo e está terminando a instalação de um shiploader – equipamento que coloca uma grande quantidade de carga no navio de uma forma mais rápida – que vai operar na próxima safra”, afirma. A moagem começa em setembro. A Odebrecht, envolvida em escândalos de corrução, vendeu alguns dos seus ativos e seu ex-presidente, Marcelo Odebrecht, está preso há mais de dois anos.

Independentemente das questões policiais e políticas, o que muda com Suape passando a ter um equipamento para movimentar carga a granel? “Com o tempo, o porto pode agregar novas cargas como o malte, a matéria-prima da cerveja, e o trigo. Isso poderá atrair novos empreendimentos como por exemplo moinhos, que poderiam se instalar por aqui”, conta Marcelo.

A movimentação de novas cargas também torna o terminal mais rentável já que o açúcar é uma carga que geralmente só é movimentada nos seis meses de safra. No atual pedido feito à Antaq, a Agrovia fala de uma segunda expansão que prevê um investimento de R$ 73 milhões o qual seria realizado para receber as cargas da Ferrovia Transnordestina em 2025, segundo Marcelo Bruto. A ferrovia está em obras há 10 anos e não tem prazo para conclusão.

A atual expansão do terminal da Agrovia também pode ser uma ameaça ao Porto do Recife, que tem o trigo e o malte, ambos a granel, como algumas das suas cargas tradicionais. “A nossa expectativa é de atuar de forma complementar as cargas do Porto do Recife, que deve continuar recebendo esses cereais destinados à capital e ao Litoral Norte, enquanto serão movimentados em Suape os produtos a serem consumidos próximos ao Litoral Sul”, conclui Marcelo.

O porto pernambucano como ponto de partida para a atuação das empresas pernambucanas no exterior foram os temas discutidos no Encontro Sobre Perspectivas e Parcerias para as Indústrias de Suape que ocorreu no prédio da administração de Suape.

COPERGÁS
O BNDES publicou nesta terça-feira (25) o edital para a contratação do estudo de privatização da Copergás. No documento estão previstos dois serviços: um principalmente de modelagem do processo de desestatização e outro de avaliação econômico-financeira, pelos valores de R$ 14,53 milhões e R$ 2,07 milhões, respectivamente. A empresa terá 24 meses para apresentar as análises, prazo que pode ser prorrogado por tempo não explicitado no edital.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Maxwell Rodrigues
  • Postado em: quinta-feira, 03 ago 2017 18:40
#santaportal #santaportal

Polêmica sobre a dragagem do canal do Porto de Santos é tema da Agenda do Porto desta semana, com Maxwell Rodrigues

DRAGAGEM - O comentarista de Porto do Caderno Regional, Maxwell Rodrigues, fala sobre a polêmica da dragagem no Porto de Santos. Problema da profundidade tem provocado prejuízos às empresas do Porto.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Maxwell Rodrigues
  • Postado em: sexta-feira, 21 jul 2017 11:11Altualizado em: sábado, 22 jul 2017 09:25
REPRODUÇÃO/ SANTA CECÍLIA TV REPRODUÇÃO/ SANTA CECÍLIA TV

Acompanhe a quarta e última reportagem da série especial sobre a Conferência Internacional de Portos

Assista à quarta e última reportagem da série especial que o Caderno Regional produziu sobre a Conferência Internacional de Portos, que aconteceu na última semana em Vitória/ES. A Santa Cecília TV foi a única emissora da região a cobrir o evento.

 

O apresentador do programa Porto & Negócios, da Santa Cecília TV, Maxwell Rodrigues, foi um dos palestrantes do evento.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Maxwell Rodrigues
  • Postado em: quinta-feira, 13 jul 2017 19:46Altualizado em: quinta-feira, 13 jul 2017 19:56
REPRODUÇÃO/ SANTA CECÍLIA TV REPRODUÇÃO/ SANTA CECÍLIA TV

Assista ao programa Porto & Negócios especial sobre a Conferência Internacional de Portos

Assista à edição desta semana do programa Porto & Negócios, apresentado por Maxwell Rodrigues e exibido pela Santa Cecília TV. No programa especial, um resumo da Conferência Internacional de Portos, que aconteceu na última semana em Vitória/ES. Maxwell Rodrigues foi um dos seis palestrantes do encontro.

 

 

Leia Mais
      Página Posterior >>
Sobre
Os principais temas relacionados ao Porto de Santos, o maior da América Latina, serão abordados neste espaço pelo comentarista do Caderno Regional e apresentador do programa Porto & Negócios, Maxwell Rodrigues.