Willy López Willy López

Você sabia que cadelas podem ter gravidez psicológica? Entenda o que é e como evitar

As cadelas não castradas podem desenvolver a famosa gravidez psicológica.

Trata-se de algo extremamente comum, também chamado de pseudociese, ocorre devido a alterações hormonais. Mesmo sem ter entrado em contato com um cachorro macho, as fêmeas com este problema desenvolvem leite materno e começam a agir como se possuíssem filhotes.

Mesmo sendo uma situação “comum” e aparentemente inofensiva, a gravidez psicológica pode ser um pontapé inicial para o desenvolvimento de doenças graves como mastite, tumores mamários e endometriose.

É necessário detectar este problema de forma precoce. A pseudociese acontece entre 6 á 12 semanas após o cio e o dono deve ficar alerta para o crescimento das mamas da cadela. Também é necessário esconder os brinquedos. É comum os animais com este problema adotarem objetos como seus filhotes.

O dono também deve tomar cuidado com os anticoncepcionais. Este tipo de tratamento para evitar o cio acaba estimulando a gravidez psicológica e é nocivo ao animal.

As fêmeas nesta condição costumam lamber as mamas para desenvolver a lactação. Uma boa maneira de evitar esta mania é usar um colar Elizabetano, que impede a cadela de chegar até a mama.

Por fim, a castração, que traz diversos benefícios ao animal, além de evitar a gravidez psicológica, também inibe os riscos de desenvolver diversas doenças.

Clique aqui e veja a matéria sobre castração e seus benefícios

 

 

Comentários (0)

Enviar Comentário
     
Sobre
Tudo sobre a saúde, alimentação, lazer e curiosidades sobre seu melhor amigo! Galeria de fotos dos pets mais bonitos. Informação e serviço você encontra aqui, no espaço perfeito para os bichinhos de estimação: Santa Pet!