Ivan Storti/Divulgação Santos FC Ivan Storti/Divulgação Santos FC

Após discussão em reunião, Rollo detona gestão de Peres no Santos: "Dou nota 2"

Um dia após a reunião tensa entre o presidente José Carlos Peres e os demais membros do Comitê de Gestão do Santos, o vice Orlando Rollo teceu inúmeras críticas ao líder do executivo do clube. Em entrevista ao “Lance!”, Rollo demonstrou total insatisfação com o mandatário e admitiu que existe um racha administrativo na Vila Belmiro.

“Administrativamente, sim, estamos rachados. E uma mudança nesse cenário não depende de mim, depende do presidente. Desde janeiro, ele se cercou de duas pessoas. Uma delas o (Daniel) Bykoff, seu assessor jurídico, a quem ele deu superpoderes. E outro assessor, que trata de isolar o Peres de todo mundo. O Peres só ouve o que interessa a ele. Só ouve quem elogia a gestão”, disse Orlando Rollo, na entrevista.

Irritado com os rumos tomados pela diretoria encabeçada por Peres, o vice-presidente foi bastante crítico ao fazer uma avaliação da gestão atual. “Estou insatisfeito com a gestão de um modo geral. Eu só lamento por ter tão pouco espaço para poder ajudar. Eu quero ajudar. Não quero mais do que isso. Nós divergimos. Acho a gestão pífia. E não sou só eu. O próprio relatório do Conselho Fiscal diz isso. Peres toma atitudes da cabeça dele, sem nos consultar”, destacou.

A nova lista de demissões no clube, que devem acontecer nos próximos dias e atingem todas as áreas, incluindo futebol, marketing, comunicação e jurídica, foi o principal ponto de divergência entre o presidente e o vice durante a reunião na noite de ontem (20). O debate acalorado não foi motivado pelo número de demitidos - 21 - e sim pelos nomes que constam da lista e que incluem aliados do próprio José Carlos Peres.

“Dizem que quero manter certas pessoas trabalhando no clube, enquanto Peres cria uma gestão profissional com austeridade. Isso não procede. Sou a favor das demissões de apadrinhados políticos, com salários absurdamente altos, que não exercem suas funções. Cabides de emprego. Tem gente com direito a carro e hospedagem. Quando tem transito na Imigrantes, não vêm trabalhar. Sou favorável a demitir esses”, concluiu Rollo.

LEIA TAMBÉM:
Reunião com direito a gritos e soco na mesa define nova lista de demissões no Santos Futebol Clube

 

 

Comentários (0)

Enviar Comentário
     
Sobre
Um dos maiores ídolos da história do Santos FC, o ex-lateral Léo irá analisar o desempenho do Peixe dentro das quatro linhas. Em seu blog, o Guerreiro da Vila irá passar a sua experiência dentro dos gramados para analisar os próximos desafios do Santos.