Divulgação/Santos FC Divulgação/Santos FC

Sem vontade, Peixe empata com Atlético-GO em Goiás

Amigos do #Santaportal. Escrevo esse post ao assistir o ridículo empate em 1 a 1 do Santos FC com o Atlético-GO, em Goiás, neste sábado (1º). Levir Culpi poupou quase que o time inteiro e os reservas nada mostraram que convença.

Caju, que foi bem na partida anterior, irreconhecível. Daniel Guedes muito arroz com feijão. Vitor Bueno, o 12º jogador entrou e se contundiu sendo substituído pelo Lucas Lima, que pode mudar o nome pra Lucas Irreconhecível. O gol do Atlético-GO saiu em um pênalti cometido por Vanderlei, que se afobou na saída, mas soube defender a cobrança. Andrigo no rebote marcou. Isso no 1º Tempo. Já no 2º Tempo, Thiago Maia, que entrou no lugar de Alison, marcou em um belo chute fora da área.

O gol de empate do Santos contou com três jogadores que saíram do banco de servas. Thiago Ribeiro roubou a bola, Lucas Lima encontrou Thiago Maia e o volante acertou um chute venenoso que o goleiro Felipe, ex-Santos, não defendeu.

Mas, apesar do empate, gostei de quase todas as mudanças do treinador. Bueno por Lucas Lima por contusão é óbvia. Mas tirar o Noguera, que não estava mal e colocar o Thiago Ribeiro, recuando o Yuri, é mexida ousada de quem busca a vitória. Pena que ela não veio. E usar o Maia, que não atuou contra o Flamengo, foi uma atitude inteligente, pois é um atleta descansado e resultou em gol. Precisa dar tempo ao Levir.

O que é inadmissível é empatar com um time que esta em último lugar. Não é postura de equipe que busca o título. Ainda mais quase um tempo inteiro com um a mais. No começo do segundo tempo, logo depois de exigir uma grande defesa de Vanderlei e quase ampliar, o Atlético-GO viu Jorginho cometer falta, receber o segundo amarelo e ser expulso de campo, deixando o Santos com um a mais em campo. E aproveitamos isso? Não!

O que eu não gostei foi da atitude dos atletas do Santos Futebol Clube. Acho que falta ir pra bola como vai pra um prato de comida esfomeado. Falta tesão nas atitudes e ações. Isso precisa mudar, se o Santos FC quiser reverter o quadro preocupante com o Flamengo na Copa do Brasil, seguir no G-4 do Brasileiro e ainda seguir em frente na Libertadores.

Levir, Chulapa, Elano e Marcelo Fernandes. Um quarteto que conhece de bola e que juntos podem ensinar esse time a ter vontade de vencedor! Eu acredito, pois como diz a torcida, o Santos é o time da virada!

Deus Existe!

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Armando Gomes
  • Postado em: sábado, 01 jul 2017 21:33Atualizado em: domingo, 02 jul 2017 19:05
Divulgação/Santos FC Divulgação/Santos FC

Clássico na Vila: Hora do Peixe mostrar o que quer no Campeonato Brasileiro

A diferença na tabela ainda é de 12 pontos. Mas este confronto direto diante do Corinthians, na tarde deste domingo (10), na Vila Belmiro, mostrará o que o Santos quer no Campeonato Brasileiro. O atual líder andou tropeçando, mas o Peixe também não foi tão bem em algumas partidas e precisa deste resultado positivo para se firmar na briga pelo título.

A pausa na competição, pelos jogos da seleção brasileira, podem acabar sendo um grande diferencial. O Santos que, até pouco tempo, estava em três competições, e agora divide atenções em duas, teve este breve descanso como forma de revitalização.

Até porque o Corinthians tem seus méritos, mas esteve preocupado apenas com o Brasileirão o tempo todo. O que ajuda e muito!

Levir mandará a campo: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Alison e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. E estou confiante na vitória e que o time mostrará o que quer no campeonato: o título e nada menos.

Deus existe!

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Armando Gomes
  • Postado em: domingo, 10 set 2017 13:02Atualizado em: domingo, 10 set 2017 16:11
Divulgação/Santos FC Divulgação/Santos FC

Com sustos no segundo tempo, Santos bate São Paulo na Vila

Após vencer o Palmeiras também na Vila Belmiro, o time do Santos FC bateu, por 3x2, o São Paulo na tarde deste domingo (10), pelo Campeonato Brasileiro. O time que vinha de um retrospecto negativo em clássicos em 2017, venceu o segundo disputado desde que Levir Culpi assumiu o comando técnico. Com a vitória, o Peixe voltou ao G4 e afundou o rival na vice-lanterna do campeonato.

Obviamente, o nome da partida foi o colombiano Copete, que marcou os três gols santistas na partida. Vale destacar a raça apresentada pelo atleta, não só pelos gols, mas também por ter jogado com queimaduras na barriga após acidente doméstico.

Com os três gols marcados até os 30 do segundo tempo, o time tinha o jogo nas mãos. Antes mesmo de chegar os 15 minutos finais, o grande susto foi no pênalti que o argentino Lucas Pratto desperdiçou. Sorte santista, pois se a bola entra, a vitória poderia não ter vindo. Isso porque o time visitante foi se animando, pressionou e conseguiu dois tentos.

Se faltou perna ou concentração, eu não sei. Mas o time precisará ficar mais atento nas outras partidas para não sofrer tanto ou até ter um resultado negativo por descuidos. Até porque Vanderlei não salvará sempre, mesmo em sua fase excepcional que vive.

No mais, vale destacar que, jogando bem ou mal, a regularidade de vitórias tem parecido. O que é o mais importante no futebol.

Deus existe!

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Armando Gomes
  • Postado em: segunda-feira, 10 jul 2017 15:33Atualizado em: segunda-feira, 10 jul 2017 19:26
  • santos   são paulo   brasileirão   
Divulgação/Santos FC Divulgação/Santos FC

Tentando manter boa fase, Peixe encara o Atlético-MG; Contratação de Nilmar

O Santos FC vai a campo, às 19h30 desta quarta-feira, diante do Atlético-MG, no estádio Independência, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time de Levir Culpi terá um bom desafio para colocar em prova sua boa fase. Pois, apesar de um ano irregular, o time mineiro costuma ir bem em seus domínios.

Sem Lucas Lima e Copete (suspensos) e Renato e Victor Ferraz (lesionados), a equipe deve ir a campo com: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete, Thiago Maia e Vecchio; Bruno Henrique, Kayke e Thiago Ribeiro.

Bruno Henrique volta ao time, enquanto Thiago Ribeiro, Leandro Donizete e Vecchio entram no lugar dos desfalques.

Sem dúvidas, desfalques importantes no qual o time terá que mostrar mais transpiração para poder bater seu adversário.

-------

A CONTRATAÇÃO DE NILMAR

Pelo tempo em que o atleta esteve parado, é normal que algumas dúvidas existam quanto ao acerto ou não de sua contratação. Todavia pela idade, é altamente preconceituosa a ideia de que com 32 anos ele estivesse velho para o futebol. Mentira, pura mentira. Fred no Atlético Mineiro também é atacante e tem 33. Zé Roberto no Palmeiras está com mais de 40. Edu Dracena caminha para 34 como zagueiro central. Ricardo Oliveira e Renatinho são também mais velhos que Nilmar e vai por aí a fora. O problema não é a idade.

O que poderia ser problema são os 14 meses em que ele ficou sem jogar, assim como o histórico que o atleta tem de contusões.

Porém, em sua primeira e única entrevista coletiva dada até agora, o jogador sustenta que está totalmente recuperado e há muito tempo suas contusões não são nenhum entrave para a sua carreira.

Os médicos do Santos, sabedores do histórico de contusões do atleta, fizeram uma série de exames clínicos além de exigirem várias chapas comprobatórias do seu excelente estado físico e clínico.

Então, por que duvidar?

Por que não aguardar pelas primeiras apresentações do atleta para dar uma opinião mais concreta? Ricardo Oliveira também não era velho e tinha o mesmo histórico de contusões e cirurgias? Portanto é bom aguardar.

Todavia o que mais me espanta é um jogador profissional que vive do corpo, permitir-se estar tão fora de forma que serão precisos dois meses para que o mesmo entre em forma ideal.

Nilmar, portanto, somente quando setembro chegar é que poderá vestir a camisa do Santos.

Mas, gostei da contratação!

Deus existe.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Armando Gomes
  • Postado em: quarta-feira, 12 jul 2017 17:24Atualizado em: sexta-feira, 14 jul 2017 17:00
  • santos fc   brasileirão   atlético   
Divulgação/Santos FC Divulgação/Santos FC

Mais uma vitória na raça: Armando Gomes analisa a revirada do Santos por 3 a 2 diante do Flamengo

Santos e Flamengo já está virando sinônimo de bom jogo. E a partida do Pacaembu, na noite desta quarta-feira (2), foi mais uma prova disso. Na primeira etapa, o time carioca teve mais a bola nos pés e o Peixe pouco conseguiu criar, além de ter dificuldades de marcar.

No primeiro terço da segunda etapa não foi muito diferente, apesar de Bruno Henrique ter colocado o time santista na frente. Tanto que, pouco depois, Everton Ribeiro marcou um belo gol e, dez minutos mais a frente, Felipe Vizeu ampliou.

Perto dos 30 minutos, o lateral Rodinei foi expulso e deu um ânimo a mais ao Peixe na partida, que soube aproveitar o seu adversário com um a menos e foi para cima, conseguindo a “revirada” com Alison e Ricardo Oliveira.

Mais uma vitória na raça do time de Levir Culpi, que, mais uma vez, está mostrando espírito vencedor. Quando faltar futebol, o que se espera de um time grande é a vontade de vencer, nem que seja na raça. E isso não tem faltado!

Também vale destacar a presença da torcida no Pacaembu, com mais de 27 mil pessoas.

Deus existe!

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Armando Gomes
  • Postado em: quinta-feira, 03 ago 2017 00:37Atualizado em: quinta-feira, 03 ago 2017 00:49
  • Santos FC   Flamengo   Brasileirão   
      Página Posterior >>
Sobre
As notícias mais quentes do esporte da Baixada Santista feitas por quem entende do assunto: Armando Gomes, o Manduca, apresentador do Esporte por Esporte, da Santa Cecília TV. Tudo sobre Santos Futebol Clube você encontra aqui, no Blog do Manduca!