Reprodução Reprodução

Globo mais uma vez atrapalha o Santos FC

Dia 13 de agosto. Um domingo qualquer para o Campeonato Brasileiro se não fosse o Dia dos Pais. Atento a data, o Santos Futebol Clube havia decidido mandar seu jogo deste dia à tarde (um confronto com o Fluminense) no Estádio Municipal do Pacaembu, local onde já mandou sete jogos na temporada de 2017 (pretende mandar mais três) e onde não perdeu nenhuma partida há 22 jogos, desde 2014. A ideia era fazer que os santistas assistissem o jogo com seus filhos em uma ação que seria intitulada de Paternidade Alvinegra, com diversões para toda família no match day.

Mas, por imposição do Sportv, anunciada nesta quarta-feira (2), o confronto foi empurrado para as 20 h da segunda-feira (14), o que deixou o marketing do Santos e a direção frustrados. Afinal, dia 13, no horário da partida, não haverá nenhum outro jogo na capital paulista, o que provocaria uma proibição de segurança da Polícia Militar e seria mais um jogo de boa renda ao clube praiano.

Internamente no Santos a alteração não foi vista com bons olhos. Nos bastidores há dirigentes e conselheiros atribuindo a alteração ao episódio envolvendo o repórter da Globo, Eric Faria, na partida das quartas de final da Copa do Brasil. Outro fator que prevalece nos bastidores é a assinatura que o Santos FC fez dos direitos de TV Fechada (por assinatura) do clube junto ao grupo Tunner, do Esporte Interativo.

No clube, existem vários cartolas e conselheiros revoltados com essa postura da Globo de tentar nos bastidores prejudicar o clube. Mas um conselheiro influente diz estar tranquilo, pois “o torcedor do Santos FC está vendo que a emissora está tentando prejudicar o clube e nessas horas abraça mais a causa”. Esse conselheiro, que pediu anonimato, garante que o Santos não teme confrontos abertos com nenhuma TV. “O Santos tem em sua história a marca de ser inovador e arrojado. Somos o primeiro brasileiro campeão da Libertadores. O primeiro campeão do mundo. Inovamos em muitos aspectos e quem quer o bem do clube não teme adversários e nem forças ocultas alguma”, respondeu.

A verdade é uma só. Precisa ter coragem pra encarar uma Globo. E Modesto Roma Júnior prova seu DNA santista ao não temer nenhuma força para defender os interesses do Santos FC.

Deus Existe!

 

 

Comentários (1)

Enviar Comentário

Renato Figueira

• 04/08/2017 20:59

Globo : O atraso do futebol
Cada dia mais, a Rede Globo se mostra como uma empeaa que não mede esforços para derrubar tudo e todos que possam atrapalhar seus planos de poder. Esse monopólio deve ser questionado. Antes que seja tarde.

     
Sobre
As notícias mais quentes do esporte da Baixada Santista feitas por quem entende do assunto: Armando Gomes, o Manduca, apresentador do Esporte por Esporte, da Santa Cecília TV. Tudo sobre Santos Futebol Clube você encontra aqui, no Blog do Manduca!