Reprodução/Santos FC Reprodução/Santos FC

Adios, Neymar! Mucho gusto

Sim, muito embora ainda não tenhamos a oficialização da transação, apesar do jogador já ter deixado os treinamentos do Barcelona, a verdade é que Neymar está se despedindo do futebol espanhol.

Ainda nesta quarta-feira (2/8) tentei um contato com o jornalista João Henrique, em Barcelona, porém não fui feliz. Ele tinha ido a Madrid. O jornalista brasileiro, que já integrou a bancada do Programa Esporte por Esporte, hoje vive em Barcelona e acompanha a carreira de Neymar bem de perto.

Por vezes ele me disse: No Barcelona, ele sempre será coadjuvante e em outro clube ele poderá ser um protagonista.

De tudo isso, a única certeza que existe é que o Santos FC torce como ninguém para que a transferência logo se concretize, já que é uma questão de tempo.

Afinal de contas, serão 41 milhões de reais que entrarão nos cofres do Peixe, como clube formador. Deverá ser mais, pois o Jurídico do Santos (comandado pelo brilhante José Ricardo Tremura) já juntou documentação que comprova que Neymar chegou ao Santos com 14 anos. Além disso, tem os valores do jogo amistoso que não ocorreu no Brasil e que deve ter a presença de Neymar, hoje já impossível. O montante pode chegar a 50 milhões de reais.

Nem mesmo na venda do atleta feita pelo “saudoso” Luiz Álvaro de Oliveira Ribeiro em 2013, houve um ganho desses. Isso mesmo caro leitor, o Santos ganhou mais com percentagem de menos de 5% na revenda do que na venda. Isso mostra a verdade de como era gerido o Santos entre 2009 e 2014. Vale lembrar que o único contrato da história do futebol mundial que foi renovado e o tempo de permanência diminuído. Sim diminuído. Um absurdo que foi festejado como inovador e única maneira do craque ficar no país. Uma falácia.

Na última transação, o clube recebeu apenas 17 milhões de Euros (cerca de R$ 49 milhões à época), mas 40% disso teve que ser repassado à DIS e 5% foram para a Teisa, composta por ex-diretores e conselheiros que compraram essa percentagem na calada da noite.

E se o Peixe vai receber esta bolada, deve sim ao ex-presidente santista, Marcelo Teixeira. Que ainda em 2005, quando Neymar era apenas uma promessa, investiu no atleta mais de 1 milhão de reais impedindo que o mesmo fosse para o Real Madrid.

Lembro bem que nem o eterno Capitão Zito concordou com ele na época. Sozinho, sem apoio nem de seus pares de diretoria, Marcelo Teixeira bancou Neymar. O tempo mostrou quem fez o certo!

E foi além, conseguiu em 2009 que o Grupo DIS comprasse a parte de Neymar garantindo sua permanência por mais tempo no Santos. Sim, arrumou quem pagasse pra ele ficar mais tempo, sem diminuir seu contrato.

Nada como o tempo pra mostrar quem de fato se preocupa com o futuro do Santos FC e quem defende seus interesses. Chega de gente que usa o Santos para interesses pessoais que não convergem com o bem do clube.

Tenho a certeza que Modesto Roma Júnior vai saber o que fazer com esse dinheiro e vai reinvestir na nossa Usina de Craques para novos raios caírem na Vila.

Avante, Paris St. Germain! Neymar te espera e o Santos te agradece.

Deus existe!

 

 

Comentários (1)

Enviar Comentário

Douglas Porto

• 04/08/2017 22:37

O tempo mostra verdades!
Brilhante explanação. Exatamente isso o que aconteceu, e o Barça sente na pele o que é perder um craque e sem poder fazer nada, absolutamente nada! Neymar vira protagonista, mas terá que ser realmente um Superman (como o da camiseta usada quando assinou contrato), pois a diferença de qualidade dois seus novos companheiros em relação ao time catalão é muito grande.

     
Sobre
As notícias mais quentes do esporte da Baixada Santista feitas por quem entende do assunto: Armando Gomes, o Manduca, apresentador do Esporte por Esporte, da Santa Cecília TV. Tudo sobre Santos Futebol Clube você encontra aqui, no Blog do Manduca!