Divulgação Divulgação

Onde comprar bons vinhos

A cada dia que passa aumenta o consumo de vinho entre os brasileiros. É bem verdade que estamos longe de nos igualarmos aos franceses, portugueses, italianos, espanhóis e argentinos, mas é nítido que estamos progredindo a passos largos.

E, muito em relação a esse aumento tem a ver com a grande oferta de vinhos, decorrente da multiplicação do número de importadoras, de uma melhor estratégia de marketing dos produtores brasileiros (inclusive com investimento na infraestrutura para recepção de turistas) e de um verdadeiro bombardeio de lojas físicas e virtuais. Em resumo, está mais fácil conhecer sobre vinhos (notadamente em face das informações encontradas na internet) e adquiri-los.

A pretensão, nessa oportunidade, é apontar algumas das mais importantes lojas de nossa região, da cidade de São Paulo e da internet, onde se pode encontrar vinhos que valem à pena serem tomados. Vejamos.

Em Santos
Em nossa cidade, temos algumas boas lojas para a aquisição de garrafas de vinhos, porém algumas, em nossa opinião, se destacam. 

Na Vila Rica e no Gonzaga temos o empório Villa Borguese (Rua Mato Grosso, nº 320 / Rua Azevedo Sodré, nº 144), com uma grande variedade de rótulos, oriundos de algumas das melhores importadoras de vinhos do Brasil. O destaque fica para a parte superior da Unidade Azevedo, onde funciona a Enoteca Decanter, e onde são vendidos com exclusividade os vinhos da importadora de mesmo nome. A Decanter importa vinhos de vinícolas expressivas, como as italianas Pio Cesare e Rocca delle Macìe, as portuguesas Quinta dos Roques, Quinta dos Maias e José Maria da Fonseca, a espanhola Luis Cañas e as francesas Jean-Luc Colombo e Domaine du Clos Naudin.

Também na Vila Rica, está a loja da Grand Cru (Rua Minas Gerais, nº 17), uma das maiores importadoras do Brasil, e que detém a exclusividade de grandes vinícolas do mundo. Os destaques são para os argentinos da Viña Cobos, da Zorzal e Pulenta Estate; os chilenos da Errazuriz, da Viña Morandé, da Viña Leyda, da Matetic, da Viña Koyle e da Altair; os franceses da Dela Frères (do Rhone) e os champagnes da Billecart-Salmon; além de uma grande variedade de espanhóis de ótimo custo-benefício.

No Boqueirão temos o ótimo empório Marcelo Laticínios (Rua Lobo Viana, nº 54), e que agora conta com uma filial no Shopping Parque Balneário (mais modesta em termos de produtos em geral, mas com grande quantidade de rótulos de vinhos). As lojas trabalham com vinhos de várias importadoras, e não decepcionam, sejam os neófitos na enofilia, sejam os mais experientes.

Também no bairro do Boqueirão encontra-se a Petit Verdot (Rua Alexandre Herculano, nº 79), um misto de loja de vinhos e wine bar, com bons rótulos. 

No bairro da Vila Belmiro está um dos mais tradicionais empórios da cidade, o Porãozinho. Além de produtos alimentícios nacionais e importados em geral, a loja conta com boa variedade de vinhos, de inúmeras importadoras, além de alguns rótulos com importação exclusiva. Quase impossível entrar neste templo da gastronomia sem levar inúmeros quitutes para apreciar com o(s) vinho(s) escolhido(s). 

Outra loja que vale a visita é a Divino.doc (Rua José Caballero, nº 19), há pouco inaugurada. Fica no Gonzaga, e tem boa variedade, que inclui vinhos da importadora Zahil.

Em São Paulo
Como não poderia deixar de ser, a maior cidade brasileira é pródiga em bons endereços para adquirir vinhos, já que conta com centenas de milhares de apreciadores de vinho em sua região metropolitana, que alcança o indecente número de 20 milhões de habitantes. 

Há lojas da Grand Cru espalhadas por toda a cidade, não sendo difícil, portanto, que você se depare com uma delas para adquirir um dos vinhos já acima destacados. Indico a dos Jardins (Rua Bela Cintra, nº 1799), por ser a matriz e a de Moema (Alameda Nhambiquaras, nº 614), pois conta um bom restaurante.  

Imprescindível para qualquer amante de vinhos conhecer as lojas da importadora Mistral, seja a matriz, situada na Bela Vista (Rua Rocha, nº 288), seja a do Shopping JK Iguatemi. Ciro Lilla, proprietário da Mistral, é um dos precursores na importação de grandes rótulos de vinhos no Brasil, e, justamente por isso, detém com exclusividade a venda de algumas das mais prestigiadas vinícolas do mundo, tais como as argentinas Catena Zapata (Nicolas Catena é, certamente, o maior nome do vinho argentino)  e El Enemigo (projeto de Alejandro Vigil – enólogo chefe da Catena Zapata e Adrianna Catena – filha de Nicolas); os chilenos Lapostolle, Viña Montes e Viña Carmen; os italianos Angelo Gaja, Bruno Giacosa e Jacopo Biondi Santi; os franceses Louis Jadot, Faiveley, Paul Jaboulet Aîné, Joseph Drouhin e M. Chapoutier; o libanês Chateau Musar; e os portugueses Quinta Vale do Meão, Luis Pato, Quinta do Perdigão e Nieeport. 

Outra loja de importadora é a Zahil (Av. Octalles Marcondes Ferreira, nº 330), que traz ao Brasil os vinhos das argentinas Rutini e Salentein, os chilenos da Quebrada de Macul e Casa Marin, os franceses da Maison Trimbach, da Maison Drapier e da Domaines Lourton, os portugueses Casa Ferreirinha (que produz a lenda Barca Velha) e Quinta dos Carvalhais, o italiano Giacomo Conterno e o ícone libanês Chateau Kefraya. 

Para fugir um pouco das vinícolas mais conhecidas, mas sem perder a qualidade, vale muito a pena dar uma passada no Jardim Paulistano, para conhecer a De la Croix (Alameda Lorena, nº 678, casa 1), importadora dedicada às várias regiões da França, e que tem como proprietário um nativo francês, o conde Geoffroy de la Croix. Eles têm vinhos muito interessantes, que fogem do básico, e com bons preços. Destaco os brancos da Alsácia em geral, mas especialmente os da Domaine Zind-Humbrecht, e do Jura, o champagne da prestigiada Maison Fleury e o excepcional custo-benefício do frutado e facílimo de tomar Le loup dans la Bergerie, do Languedoc. 

Na internet
Caso você esteja sem tempo para ir às lojas de nossa região ou de São Paulo, ou simplesmente você gosta da comodidade de comprar com apenas alguns cliques, atualmente temos uma infinidade de sites que vendem vinhos de todos os cantos do mundo. 

É claro que alguns cuidados precisam ser tomados, notadamente em relação à segurança da compra, como em qualquer transação comercial feita pela internet. Porém, quando se trata de comprar vinhos, é preciso verificar alguns outros aspectos, como armazenamento das garrafas e modo de transporte para entrega da mercadoria.

Por isso, é sempre interessante uma pesquisa de satisfação dos clientes. Como gosto muito de procurar vinhos difíceis de encontrar no Brasil, acabo, por vezes, os achando em lojas virtuais desconhecidas. Até o momento dei muita sorte, tendo pouquíssimos dissabores, e que mais disseram respeito ao armazenamento do produto, o que influencia diretamente em sua qualidade, do que em relação à entrega da mercadoria. 

Uma boa pedida são as lojas virtuais das importadoras de vinhos, que contam com boa estrutura logística. Todas as acima citadas têm seus sites: Mistral (www.mistral.com.br), Grand Cru (www.grandcru.com.br), Decanter (www.decanter.com.br), Zahil (www.zahil.com.br) e de la Croix (www.delacroixvinhos.com.br). 

Outra loja virtual que vale a pena navegar é a da importadora Vindame (www.loja.vindame.com.br), que inicialmente teve foco nos grandes vinhos da Alemanha, até em razão da origem do proprietário, mas que atualmente tem um excelente portfólio de vinhos de vários países destacados nesta arte. 

Gosto muito também da loja virtual da Vinhobr (www.vinhobr.com.br), onde encontro vários vinhos de difícil aquisição no Brasil, notadamente alguns argentinos. Aqui tenho me deparado os vinhos da Mosquita Muerta, Mythic Vineyard, Gen del Alma, Buscado Vivo o Muerto e Carmello Patti, todos top. Além destes, conta com alargado portfólio. 

Uma outra boa opção para encontrar alguns vinhos diferentes é a Wine.com.br (www.wine.com.br), que tem ampla gama de vinhos e outras bebidas, e onde costumo compras alguns Beaujolais de qualidade e com bons preços, e que são ótimos para o dia a dia, e para tomar comendo uma pizza. 

Também compro na loja virtual Fine Wines (www.finewines.com.br), onde sempre encontro boas ofertas. Há vinhos para todos os gostos. 

Para terminar, em relação às lojas virtuais brasileiras, gostaria de destacar a VinumDay (www.vinumday.com.br), que tem uma proposta inovadora de ofertar apenas um rótulo por dia. Isso mesmo. Você se cadastra no site e passa a receber um email, diariamente, com a promoção de um único vinho, e que pode ser adquirido por meio de dois sistemas. O primeiro, tradicional, em que o frete é calculado e a entrega imediatamente determinada.

O outro, propõe que o consumidor monte sua adega virtual, até que complete compras que somem, no mínimo, R$ 300,00, quando então ele ganha o frete gratuitamente, e pode demandar a entrega. A má notícia é que a entrega demora um pouco mais do que em outras lojas virtuais. O site é perfeito para quem gosta de provar vinhos exóticos, pouco encontrados nas demais lojas, físicas ou virtuais. Não é raro deparar com ofertas de vinhos búlgaros, ucranianos, romenos etc. Os preços em regra são bons. A qualidade dos vinhos é um tiro no escuro, mas, também como regra, não decepcionam.  

Eu poderia ficar citando centenas de outras lojas virtuais pelo Brasil e pelo mundo, mas paro por aqui, uma vez que o legal é ficar fuçando na internet e encontrar novos fornecedores para este estilo de viver, que é apreciar um bom vinho. 

 

 

  • Publicado por: Fernando Akaoui
  • Postado em: quarta-feira, 25 out 2017 09:53Altualizado em: quinta-feira, 02 nov 2017 17:32

Comentários (1)

Enviar Comentário

Thiago

• 25/10/2017 19:12

Ótimas dicas
Ótimas dicas

     
Sobre
Dicas, receitas e notícias sobre uma das áreas que mais crescem no mercado de trabalho. Os programas da tevê. Análises, receitas e curiosidades.