Reprodução/EPA Reprodução/EPA

Suécia confirma que Ibrahimovic não disputará Copa do Mundo

A Federação Sueca de Futebol (SVFF) confirmou nesta quinta-feira (26) que o atacante Zlatan Ibrahimovic não jogará a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

"O maior jogador sueco de todos os tempos não vai jogar a Copa do Mundo", anunciou a entidade em seu perfil no Facebook.

O jogador, de 36 anos, não disputou as Eliminatórias para o Mundial, na qual a Suécia garantiu a classificação nos play-offs em cima da gigante Itália. Porém, Ibrahimovic vinha fazendo mistério nos últimos meses sobre a possibilidade de participar da competição.

A hipótese do retorno de Ibrahimovic foi rejeitada por alguns jogadores da própria seleção sueca, como o goleiro Karl-Johan Johansson. O técnico Janne Andersson também foi contra a ideia.

Ibrahimovic está atualmente jogando no Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, e vem fazendo boas exibições na Major League Soccer (MLS). O atacante tem passagens por Juventus, Inter de Milão, Barcelona, Milan, PSG e Manchester United.

Na Copa do Mundo, a Suécia está no grupo F, ao lado de Alemanha, México e Coreia do Sul. A estreia dos suecos será no dia 18 de junho, contra a seleção sul-coreana.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência ANSA
  • Postado em: quinta-feira, 26 abr 2018 16:42Atualizado em: quinta-feira, 26 abr 2018 17:53
Divulgação/Rubens Barrichello Divulgação/Rubens Barrichello

Barrichello revela cirurgia para retirada de tumor

O ex-piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello revelou nesta segunda-feira (16) que precisou passar por uma cirurgia para retirar um tumor benigno no pescoço. O brasileiro ainda mostrou a cicatriz do procedimento.

"Estava em casa tomando um banho e de repente senti uma dor na cabeça. De 0 a 10, foi uma dor de cabeça 8 ou 9, aquela para quebrar! Comecei a passar mal e vi que era coisa de hospital", contou Barrichello ao programa "Conversa com Bial", da TV Globo.

"A veia que se abriu por uma má formação se regenerou pelo próprio sangue em duas horas. Quando cheguei lá, colocaram um cateter pela virilha e a veia tinha fechado. Quando saí do hospital me disseram que apenas 14% saem disso como eu saí. Muita gente tem sequela", acrescentou o piloto.

Em fevereiro, Rubens Barrichello ficou internado em um hospital devido a uma microinflamação em uma veia da cabeça. O problema de saúde ajudou a revelar o tumor em seu pescoço.

Aos 45 anos, Barrichello se tornou o primeiro piloto a disputar 19 temporadas seguidas na F1. Atualmente, ele corre pela Stock Car, onde foi campeão em 2014.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência ANSA
  • Postado em: terça-feira, 17 abr 2018 11:48Atualizado em: terça-feira, 17 abr 2018 16:05
  • Rubens Barrichello   piloto   tumor   
Divulgação/CBF Divulgação/CBF

Copa do Mundo da Rússia terá um árbitro e dois auxiliares brasileiros

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou nesta quinta-feira (29) os nomes dos 36 árbitros e 63 auxiliares (bandeirinhas) que atuarão na Copa do Mundo de futebol, que será realizada de 14 de junho a 15 de julho deste ano, na Rússia. Ao todo, 46 países estão representados no corpo de oficiais de partidas da competição.

O Brasil será representado pelo árbitro Sandro Ricci e pelos auxiliares Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse.

Segundo a Fifa, a escolha do grupo final de juízes e auxiliares levou em conta as habilidades, a personalidade, o nível de entendimento das regras e a capacidade de entender tanto o jogo quanto as táticas diversas adotadas pelas seleções.

Os Estados Unidos serão o país com mais representantes: quatro, sendo dois árbitros e dois bandeirinhas. Além do Brasil, 20 países enviarão à Copa trios de arbitragem (um juiz e dois auxiliares): Arábia Saudita, Irã, Uzbequistão, Senegal, México, Argentina, Paraguai, Chile, Uruguai, Colômbia, Alemanha, Rússia, Espanha, França, Itália, Sérvia, Turquia, Polônia, Eslovênia e Holanda.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência Brasil
  • Postado em: quinta-feira, 29 mar 2018 14:21Atualizado em: sexta-feira, 30 mar 2018 10:38
Reprodução/EPA Reprodução/EPA

Sem GP da Malásia, F1 conta com novidades no calendário 2018

Com os retornos dos Grandes Prêmios da França e da Alemanha, a temporada de 2018 da Fórmula 1 possui novidades no calendário. O primeiro grande destaque do calendário da F1 foi a ausência do circuito da Malásia, realizado na cidade de Sepang. O Grande Prêmio do país asiático era disputado desde 1999, mas os altos custos para a realização da prova deixaram a Malásia de fora do calendário. Mas outros dois GPs voltarão a fazer parte da F1: Alemanha e França.

O Grande Prêmio da Alemanha será realizado na cidade Hockenheim no dia 22 de julho, e retorna ao calendário da principal categoria do automobilismo após um ano. Em 2017, os proprietários dos circuitos de Hockenheim e Nürburg não concordaram com os termos comerciais da F1, decidindo por não participar da competição.

Já o GP da França volta ao calendário da F1 após 10 anos de ausência. A corrida será realizada no circuito Paul Ricard, em Le Castellet. A última corrida da categoria disputada por lá foi em 1990. No ano seguinte, as provas mudaram para o autódromo de Nevers Magny-Cours.

A corrida no território francês será a oitava da temporada e está marcada para o dia 24 de junho. O último piloto vencedor no circuito de Le Castelle foi Alain Prost, em 1990, que, na época, era da Ferrari.

O Grande Prêmio da Itália, realizado em Monza, será no dia 2 de setembro. Já o circuito de Interlagos, no Brasil, receberá a F1 no dia 11 de novembro.

A temporada de 2018 da F1 começará neste domingo (25), em Melbourne, na Austrália.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência ANSA
  • Postado em: segunda-feira, 19 mar 2018 16:13Atualizado em: segunda-feira, 19 mar 2018 17:59
Reprodução/EPA Reprodução/EPA

Presidente de time grego invade campo armado e jogo é suspenso

A partida grega entre PAOK Salonika e AEK Atenas foi interrompida neste domingo (11) após o presidente do PAOK invadir o campo com uma arma.

Durante o jogo, Ivan Savvidis entrou com uma arma em sua cintura para confrontar o árbitro da partida, que anulou o gol de seu lateral nos minutos finais. No momento, a partida estava empatada em 0 a 0.

Os jogadores do AEK resolveram deixar o campo e não retornaram mais. O jogo foi suspenso e, segundo fontes locais, o árbitro chegou a reverter sua decisão.

Durante a confusão, Savvidis também pediu para sua equipe deixar o campo. Em seguida, ele marchou em direção ao árbitro, mas foi puxado para trás por guarda-costas.

A Fifa disse saber do incidente e condenou esse tipo de comportamento, mas, em nota, ressaltou que qualquer medida disciplinar é de competência da Federação Grega.

O vice-ministro grego de Cultura e Esportes, Georgios Vassiliadis, afirmou que o ocorrido precisava de "decisões ousadas".

Na manhã desta segunda-feira (12), a polícia grega emitiu uma ordem de prisão para o cartola.

Savvidis nasceu na Geórgia do patrimônio grego e é ex-membro do parlamento russo. 

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Redação #Santaportal, com informações da Agência ANSA
  • Postado em: segunda-feira, 12 mar 2018 14:45Atualizado em: segunda-feira, 12 mar 2018 19:38
  • presidente   PAOK   Campeonato Grego   
<< Página Anterior       Página Posterior >>
Sobre
Futebol, basquete, vôlei, Fórmula 1, UFC e muito mais. Informações e opiniões sobre tudo o que rola no mundo dos esportes você irá encontrar neste blog. Fique por dentro das últimas novidades no SantaEsporte!
Categorias