DIVULGAÇÃO/CBDA DIVULGAÇÃO/CBDA

Ana Marcela Cunha é ouro no mundial da Hungria e se torna a primeira tricampeã mundial da história da prova

TRICAMPEÃ - Ana Marcela Cunha, atleta da UNISANTA, é tricampeã mundial! A nadadora fez história nos 25 km da maratona aquática do mundial da Hungria. Com uma arrancada fantástica nos metros finais, a nadadora completou a prova em 5h21m58s. A holandesa Sharon van Rouwendaal, atual campeã olímpica, foi prata e a italiana Arianna Bridi foi bronze.

Ana Marcela é a nadadora brasileira com maior número de pódios na maior competição da FINA — nove no total — sendo que três de ouro. As maratonas aquáticas são um sucesso no Brasil há mais de uma década e deu ao país em Mundiais além das medalhas de Marcela, mais três individuais de Poliana Okimoto e outras duas em revezamentos. Poliana também obteve a primeira medalha olímpica para uma nadadora brasileira, com o bronze nos Jogos Rio 2016. Na conquista no lago Balatonfüred, Ana pensou realmente em fazer algo inédito.

"Quando entrei nessa prova eu pensei muito no Cesão (Cesar Cielo) e eu queria fazer algo que nenhuma mulher ainda fez e tentar me igualar a ele. É lógico que eu sei que são seis medalhas de ouro dele, mas ser tricampeão na prova mais longa do Campeonato Mundial... Estou muito feliz! É muita emoção. Nas últimas oito semanas eu treinei muito forte e vim pensando muito pensando na prova dos 5km e depois que ganhei medalha nos 10km vim mais confiante ainda. Ontem eu e a Aurelie (francesa Aurelie Muller) fomos as únicas que estão nos 25km e nadamos o revezamento, então eu tinha que me poupar ainda mais e graças a Deus deu certo".

O técnico Fernando Possenti analisou o desempenho de Ana, destacando a disciplina neste período difícil. "Não tem milagre, existe trabalho, dedicação e seriedade. Nestas oito semanas ela não saiu “uma virgula” do que tinha que fazer. Isto que a levou para este nível de confiança. Estou muito feliz por vivermos essa retomada com força total. Ver que ela está feliz nadando é muito bom. Agora temos um período bem complicado e cheio. Hoje uma atleta saiu da prova para se poupar para a etapa da Copa do Mundo de quinta-feira, os dez quilômetros do Canadá. Agora temos que recuperar, descansar e “retreinar” para as próximas provas", disse Possenti, que terá sua barba pintada pela atleta, por pagamento de uma aposta.

Allan do Carmo fechou a prova na 13º lugar (5h06m55s70) e Victor Colonese, atleta UNISANTA (5h27m14s20), em 22º. Betina Loscheitter conseguiu finalizar em 19º (6h05m20s00).

"Foram mais de cinco horas de prova e o corpo sente bastante. Quando se toca o placar vemos o quanto é dolorido, mas todo o esforço vale. Nadamos por prazer e pela competitividade, então quando chegamos bem cansados é porque demos o máximo. Nas últimas duas voltas eu senti o ritmo e cheguei exausto. Encerro esse Mundial, depois de três provas, e agora temos que avaliar bastante o que melhorar, para no próximo, em 2019, focar nos 10 quilômetros, que será prova de classificação Olímpica", disse Allan do Carmo.

Victor estreou na distância mais longa da modalidade. "Esta prova é muito difícil, mas consegui completar a prova e como era a minha primeira vez, valeu a experiência. Vim treinado para os cinco quilômetros, mas infelizmente não fiz um bom resultado nos cinco, então nadar hoje também foi mais difícil", declarou Victor Colonese.

Marcelo Teixeira, pró-reitor da UNISANTA, comemorou a conquista de Ana Marcela. "Estou muito emocionado, esse esporte teve início com as primeiras braçadas na orla de Santos, com competições a nível regional de Águas Abertas, até conseguirmos abrir o calendário internacional da Fina de Maratonas Aquáticas. Renata Agondi desbravou e foi a pioneira nos anos 80, continua como uma referencia e uma estrela a inspirar nossas campeãs! Ana Marcela é aluna desde o Colégio e faz Educação Física na Unisanta, uma verdadeira ceciliana! Estamos em festa, Ana Marcela, Ana Patricia e George, todos os nossos professores e técnicos estão de parabéns! Registramos momentos importantes do esporte, a única medalhista olímpica da natação feminina brasileira, com Poliana Okimoto, a Unisanta escreve o seu nome e leva o nome da nossa cidade para o mundo".

 

 

  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: sexta-feira, 21 jul 2017 09:59Atualizado em: domingo, 31 dez 2017 12:40

Comentários (1)

Enviar Comentário

CELBY RODRIGUES VIEIRA DOS SANTOS

• 21/07/2017 10:29

CONGRATULAÇÕES
Nossas congratulações a fantástica atleta ANA MARCELA CUNHA, sua determinação e competência é motivo de orgulho de todos os brasileiros, atletas ou não. Seu exemplo deve ser caminho da busca da persistência e conquistas pessoais. Parabéns, muitas felicitações pelos resultados e exemplos

     
Sobre
Futebol, basquete, vôlei, Fórmula 1, UFC e muito mais. Informações e opiniões sobre tudo o que rola no mundo dos esportes você irá encontrar neste blog. Fique por dentro das últimas novidades no SantaEsporte!
Categorias