O musical de maior sucesso na história do cinema, A Noviça Rebelde ganhou 5 Oscars em 1965. Veja 15 curiosidades

Um dos mais encantadores musicais da história do cinema, A Noviça Rebelde (The Sound of Music, 1965) seria também a terceira maior bilheteria de toda a história do cinema em valores atualizados. O filme foi sucesso de público e também de crítica, ganhando cinco Oscars da Academia, incluindo o de Melhor Filme. Veja 15 curiosidades sobre a produção:

1 :: O filme é baseado nas memórias da verdadeira Maria Von Trapp, livro publicado em 1949. O fato de ser a autora?—?e a heroína da história?—?não lhe deu muitos privilégios. Ela esperava ser convidada para a grande estréia do filme em Hollywood mas, depois de esperar muito tempo pelo seu convite, foi perguntar a um produtor e ouviu um pedido de perdão: os convites haviam acabado e ela não poderia comparecer à estréia do filme que contava sua própria história.

2:: Em sua autobiografia, a atriz Charmian Carr, que interpretou a filha mais velha Liesl, admitiu que se sentiu muito atraída pelo ator Christopher Plummer, que interpretava seu pai na história. Plummer, na época, admitiu que a atração era mútua mas que nunca passou da fase da paquera…

3:: Por falar em Christopher Plummer, a experiência dele com ‘The Sound of Music’ não foi nada boa. Ele odiou participar do filme e se referiu a ele, durante muitos anos, como ‘The Sound of Mucus’ (‘O Som da Meleca’). Ele definiu o trabalho ao lado de Julie Andrews como “ser acertado diariamente na cabeça por um cartão gigante de dia dos namorados”. Ainda assim, por incrível que pareça, Christopher e Julie se tornaram grandes amigos e mantém contato até hoje;

4:: Ainda sobre Plummer: ele teve muito poucas informações a respeito do verdadeiro capitão Von Trapp. Ele, então, viajou com um tradutor até as montanhas de Salzburgo, se encontrou com um sobrinho do capitão e perguntou como ele era. A resposta: “o homem mais chato e tedioso de todo o mundo’.

5:: Depois que a verdadeira família Von Trapp fugiu da Áustria, sua mansão foi tomada por Heinrich Himmler, um dos maiores nomes do partido nazista alemão. O próprio Adolf Hitler visitou o local diversas vezes.

6:: Entre as várias crianças e jovens que fizeram teste para interpretar um dos filhos do capitão estão astros conhecidos hoje em dia, como Richard Dreyfuss, Mia Farrow, Doris Day, Geraldine Chaplin, Liza Minelli, Sharon Tate, Anne Bancroft, Leslie Caron e Kurt Russell. Para os outros papéis do filme, foram considerados nomes como Grace Kelly (como baronesa) e Fred Astaire (como Max). Para o papel de Capitão Von Trapp, a disputa foi entre Richard Burton, Yul Brynner, Walter Matthau, Sean Connery, Bing Crosby e Maximilian Schell.

7:: A atriz Marni Nixon, que interpreta a irmã Sophia, ficou muito conhecida em Hollywood por ser a verdadeira voz de grandes atrizes em musicais famosos. Ela cantou as músicas de Natalie Wood em ‘Amor Sublime Amor’ (também dirigido por Robert Wise), todas as de Deborah Kerr em ‘O Rei e Eu’ e também fez a voz de Audrey Hepburn em My Fair Lady.

8:: A verdadeira Maria Von Trapp garantiu em uma entrevista que o filme suavizou seu comportamento no convento. “Eu era pior ainda”.

9:: O diretor preferido pela Fox para dirigir o projeto era Willian Wyler (de ‘Casablanca’). Mas ele estava começando a sofrer com um problema de audição e achou que era o pior homem possível para dirigir um musical. Robert Wise recusou o projeto três vezes antes de aceitá-lo. Caso Wyler fosse de fato o diretor, Maria teria outro rosto: ele queria Audrey Hepburn no papel.

10:: Charmian Carr, a única atriz do elenco principal que já faleceu (em setembro de 2016), escreveu dois livros sobre sua experiência nas filmagens do musical. Mas sua carreira foi longe das telas: ela se tornou uma conhecida designer de interiores e chegou a trabalhar para Michael Jackson.

11:: A verdadeira Maria Von Trapp aparece no filme, na cena em que Maria canta ‘I Have Confidence’, logo atrás de Julie Andrews.

12:: Julie Andrews teve que aprender a tocar violão especialmente para o filme.

13:: Ainda sobre Julie Andrews: para entreter as crianças durante os intervalos das filmagens, a atriz cantou Supercalifragilisticexpialidocious, canção de Mary Poppins. Como o filme já havia sido rodado mas não havia sido lançado, as crianças acharam que a música havia sido composta especialmente para elas!

14:: Na cena final do filme, em que a família escala uma montanha para fugir da Áustria, a filha mais nova do capitão Von Trapp é carregada em seus ombros. Na verdade, quem aparece na cena é uma dublê. A atriz mirim Kym Karath, que fazia a caçula da família, Gretl, ganhou muito peso durante as filmagens, assim como todo o resto do elenco, já que Viena era uma cidade conhecida por sua boa comida…

15:: Essa cena, aliás, é pura ficção. A família Von Trapp, na verdade, tomou um trem em Salzburgo e viajou para a Itália. De lá foram para Londres e, aí sim, viajaram para os Estados Unidos. As fronteiras da Áustria ainda estavam abertas na época. No dia seguinte à fuga, Hitler mandou fechar as fronteiras.

 

 

  • Publicado por: Gustavo Klein
  • Postado em: terça-feira, 13 jun 2017 22:51
  • CINEMA   MUSICAL   OSCAR   

Comentários (1)

Enviar Comentário

Miriam Bueno Ribeiro Figueiredo

• 14/06/2017 20:04

Melhor filme da minha vida !
Assisti tantas vezes, que perdi a conta. Me casei com americano, cuja família morava no Estado de Vermont, e na cidade de Brattleboro, justamente onde morava a família Von Trapp, ! Coincidência !

     
Sobre
Cinema, música, literatura, séries de tevê e muito mais. As últimas notícias. Entrevistas com quem faz cultura. As resenhas dos filmes em cartaz e das séries do momento. Os livros mais legais. Tudo isso e muito mais você encontra aqui, no Santa Cultura!