DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO

Conheça 8 filmes passados dentro de um hotel

Hotéis são um microcosmo interessante, com vida muito própria e gente diferente chegando e partindo todos os dias. Por isso mesmo são cenários perfeitos para filmes e séries. Veja 8 filmes que são quase inteiramente passados dentro de um hotel.

GRANDE HOTEL BUDAPESTE (2014)
Qualquer filme do diretor americano Wes Anderson merece sua visita. É um dos grandes contadores de história do cinemão atual (não me venham com essa história de que ele é só estética) e seus filmes fogem do jeitão convencional e têm um humor muito peculiar. Aqu (o filme da foto)i, a história parece complicada mas não é. Um escritor veterano conta a história do tempo que passou hospedado no Grande Hotel Budapeste do título e conheceu o dono do lugar, que lhe conta a história de como se tornou o dono do hotel. É. Uma história dentro da outra. Dentro disso temos uma longa galeria de personagens interessantes. O elenco impressiona: Bill Murray, Jude Law, Adrien Brody, Edward Norton, Willem Dafoe, Owen Wilson, Harvey Keitel, Jeff Goldblum, Tilda Swinton, Ralph Fiennes, Saoirse Ronan e Tom Wilkinson, entre outros.  Filme obrigatório.

O ILUMINADO (1980)
Outro filme obrigatório em qualquer lista sobre produções em hotéis. E também estrelado por um escritor! Jack Nicholson faz Jack Torrance, que aceita a missão de cuidar de um grande hotel no período em que ele está fechado, no inverno. Ele vai para o lugar com a esposa e o filho e espera conseguir terminar seu novo livro por lá. Mas, claro, é preciso lembrar que a história é de Stephen King... Uma série de fenômenos paranormais acontece no lugar e vai tomando conta da cabeça e da alma de Jack, que enlouquece e ameaça a vida de sua família...

O EXÓTICO HOTEL MARIGOLD (2011)
O filme mostra um grupo de idosos britânicos que decide, cada um por uma razão, ir morar em um hotel na Índia. Chegando ao lugar, eles descobrem que as imagens de seu website estão longe de mostrar a realidade do lugar. Mas ainda assim decidem tentar viver a vida de um jeito diferente. Uma comédia dramática com um belo elenco: Judi Dench, Bill Nighy, Maggie Smith, Tom Wilkinson e Dev Patel.

GRANDE HOTEL (1995)
Filme episódico dirigido a oito mãos por Quentin Tarantino, Robert Rodriguez, Allison Anders e Alexandre Rockwell. A ação toda se passa em uma véspera de ano-novo e cada quarto ambienta uma das histórias, que são ligadas pelo personagem Ted, o mensageiro feito por Tim Roth. Na primeira história ele leva um grupo de mulheres (entre elas a cantora Madonna) a um quarto sem saber que elas são bruxas que querem reviver sua deusa a partir de uma poção que precisa do sêmen do pobre rapaz... Em outro quarto, ele se envolve em uma trama estranha, quase teatral, entre marido e mulher, e é acusado de dormir com a mulher. No outro quarto, ele precisa cuidar dos filhos endiabrados de Antonio Banderas. E na última história, o próprio Quentin Tarantino vive um diretor de cinema em uma aposta macabra... O filme tem ainda no elenco Jennifer Beals (de Flashdance), Bruce Willis e Tamlyn Tomita.

O MENSAGEIRO TRAPALHÃO (1960)
Jerry Lewis é talvez o maior gênio da comédia cinematográfica e aqui, além de atuar, ele faz sua estréia como diretor em um filme que é quase uma homenagem ao cinema mudo (Lewis fala apenas 16 palavras durante toda a história). Ele aqui faz o mensageiro do título, que apesar de ter bom coração e ser muito prestativo, vive se metendo em confusões por causa de sua falta de jeito e de seus erros. 

ENCONTROS E DESENCONTROS (2003)
Segundo filme de Sofia Coppola, filha do diretor Francis Ford Coppola. O sempre genial Bill Murray faz um ator de meia idade, muito solitário, que enquanto filma um comercial em Tóquio conhece uma mulher recém-casada (Scarlett Johansson) que está acompanhando seu marido, um fotógrafo de celebridades, na capital japonesa. Os dois, contra todos os prognósticos, encontram amizade e se aproximam mesmo sendo muito diferentes.

QUANTO MAIS QUENTE, MELHOR (1959)
Um verdadeiro clássico, considerado por muitos críticos a melhor comédia da história do cinema. Depois de serem testemunhas de um assassinato, dois músicos se fantasiam de mulher e se infiltram em uma banda de jazz formada apenas por mulheres. Joe (Tony Curtis) alterna entre a fantasia de mulher e a tentativa de conquistar uma bela cantora (Marilyn Monroe). Já Jerry quer apenas sobreviver, mas acaba sendo alvo das investidas de um milionário que se apaixona por ele... A beleza de Marilyn, por si, já garante a indicação. Mas o filme é muito mais. Obrigatório.

ONZE HOMENS E UM SEGREDO (2001)
Danny Ocean é um bandido “do bem”. Ele segue três regras muito rígidas: não machucar ninguém, não roubar de quem não merece ser roubado e jogue como se não tivesse nada a perder. Assim que sai da penitenciária ele recruta um grupo de colegas de profissão para um roubo audacioso: roubar um hotel cassino cujo dono é um gângster perigoso. No elenco estelar estão George Clooney, Brad Pitt, Matt Damon, Julia Roberts, Casey Affleck, Andy Garcia, Bernie Mac, Elliot Gould, Carl Reiner, Angie Dickinson e participações especiais de figuras conhecidas como Lennox Lewis e Wladimir Klitschko.

 

 

Comentários (0)

Enviar Comentário
     
Sobre
Cinema, música, literatura, séries de tevê e muito mais. As últimas notícias. Entrevistas com quem faz cultura. As resenhas dos filmes em cartaz e das séries do momento. Os livros mais legais. Tudo isso e muito mais você encontra aqui, no Santa Cultura!