11 fatos sobre a série Jeannie é um Gênio que você provavelmente não sabia

‘Jeannie é um Gênio’ (I Dream Of Jeannie), um dos seriados mais queridos de todos os tempos, foi criado e produzido pelo escritor Sidney Sheldon para concorrer com ‘A Feiticeira’. Teve 5 temporadas, de 1965 a 1969/1970. Foram, ao todo, 139 episódios. Todos estão disponíveis em DVD no Brasil.

Agora, algumas curiosidades sobre o seriado:

>> Nas duas primeiras temporadas do show, Jeannie era uma humana comum que havia sido presa em uma garrafa porque não quis se casar com um gênio do mal, Djinn. Nenhum dos parentes de Jeannie era gênio. Mas a partir da terceira temporada isso foi mudado e, além dela sempre ter sido gênia, seus parentes também foram retratados, a partir de então, como seres mágicos.

>> Durante a primeira temporada do show, a atriz Barbara Eden ficou grávida mas continuou a gravar normalmente, sendo mostrada apenas em closes ou com roupas muito largas.

>> Sidney Sheldon, que também era o produtor executivo do show, não queria uma atriz loira para o papel principal porque isso o tornaria muito similar ao show rival, A Feiticeira. Mas depois de diversas audições frustradas, teve que se render ao talento de Barbara Eden.

 >> Jeannie foi exibida originalmente pela NBC e concorria com A Feiticeira, exibida pelo canal ABC. Mas ambas as séries eram produzidas pela mesma produtora, a Screen Gems, também responsável por sucessos como A Noviça Voadora, The Monkees e Papai Sabe Tudo. A Screen Gems também era a distribuidora dos desenhos da Hanna-Barbera.

>> A primeira temporada do seriado foi gravada em preto e branco porque o canal NBC queria cortar gastos e não acreditava que o shoiw fosse ter sucesso. Sheldon se dispôs a pagar do próprio bolso os 400 dólares para gravar a cores mas foi aconselhado a “não jogar seu dinheiro fora”.

>> Também na primeira temporada o tema de abertura era orquestrado, uma composição jazzística de Richard Wess que não agradava Sheldon. Só a partir da segunda temporada é que a música célebre de Hugo Montenegro foi utilizada e se tornou uma marca da série.

>> O seriado fez tanto sucesso que virou nome de rua, na Florida, em Cocoa Beach.

>> O ator Larry Hagman, que fazia o major Tony Nelson, era um sujeito difícil de lidar. Ele causou diversos problemas de relacionamento durante as gravações e a produção chegou a cogitar substituí-lo.

>> A cantora Carole King chegou a gravar uma música-tema para o seriado, chamada Jeannie, que foi rejeitada pela produção.

>> A irmã malvada de Jeannie, que tem o mesmo nome no seriado, foi criada pelo roteirista James Henerson. Ele trabalhava, sem ninguém saber, como escritor tanto de Jeannie quanto de A Feiticeira. Mas foi demitido do show da ABC quando descoberto.

>> Entre 1973 e 1975, já com a série cancelada, Jeannie ganhou um desenho animado em que era acompanhada por um gênio gordinho em treinamento, Babu, que era muito atrapalhado e tinha a voz do ex-Três Patetas Joe Besser. Também fazia parte do desenho um menino cuja voz era de Mark Hamill, dois anos antes de se tornar mundialmente conhecido como o Luke Skywalker da saga Star Wars.

 

 

Comentários (0)

Enviar Comentário
     
Sobre
Cinema, música, literatura, séries de tevê e muito mais. As últimas notícias. Entrevistas com quem faz cultura. As resenhas dos filmes em cartaz e das séries do momento. Os livros mais legais. Tudo isso e muito mais você encontra aqui, no Santa Cultura!