DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO

Era evidente

Foi avisado. E nem era necessário ter o dom de prever o futuro. Estava cristalino o quanto estava obscuro. Enfim e oficialmente não haverá Salão do Automóvel em São Paulo em 2020. Fica para 2021. Muda tudo no evento dos anos pares.

A organização do evento fala em custos, entender o mercado e adaptá-lo a uma nova realidade. Em suma: entendeu o recado dado pelas 15 marcas que se retiraram do Salão antes do anúncio oficial. A verdade é que ninguém está a fim de investir milhões (milhões, literalmente) em um evento que não tem dado o devido retorno. A fórmula que vinha dando certo há décadas precisa se adaptar.

E vale aquela máxima: ninguém vai ao Salão do Automóvel para ver o Chevrolet Onix. A maioria vai ver os carros que jamais comprará.

A propósito: ninguém falou em riscos com o coronavirus.

Agora vem a outra questão: o Salão do Automóvel é o evento dos anos pares, enquanto os ímpares trazem Fenatran e Salão Duas Rodas. Os dois eventos estão agendados para 2021, na mesma época em que o Salão do Automóvel costuma acontecer, lá entre outubro e novembro.

O que pode acontecer: quem já mudou de ano pode mudar de época. Só precisa combinar com o São Paulo Expo e com os salões espalhados pelo mundo.

Desde que o coronavirus também permita.

 

 

  • Publicado por: Paulo Rogério
  • Postado em: sexta-feira, 06 mar 2020 17:51

Comentários (0)

Enviar Comentário
     
Sobre
O mundo automotivo dentro e fora da estrada! Pelo jornalista Paulo Rogério, especializado em automobilismo.