Divulgação Divulgação

Exposição fotográfica em Santos retrata visita da personagem Pippi Meialonga: da Suécia, país da Copa de 58, à Vila Belmiro

Assim como no Brasil, 1958 foi um ano marcante também na Suécia. Foi quando a escritora infanto-juvenil sueca Astrid Lindgren obteve seu primeiro grande reconhecimento internacional, a Medalha Hans Christian Andersen por seu livro “Pippi à Bordo”.

Décadas após, em 1999, a autora foi eleita em consulta do jornal Aftonbladet, a figura mais influente do século XX em seu país. Uma vasta obra literária, traduzida para mais de 70 idiomas, e cada vez mais apreciada no Brasil.

Coincidentemente, também, em 1958, o menino Edson Arantes do Nascimento, então com 17 anos, era escalado pela primeira vez na Seleção Brasileira, naCopa do Mundo realizada no país de Astrid.

O notável desempenho da Seleção, especialmente o de Pelé, surpreendeu o mundo e projetaram em âmbito internacional aquele que seria o brasileiro mais conhecido em todos os tempos. Curiosamente, os adversários do Brasil na final foram os anfitriões suecos, que, até hoje, reconhecem no vice-campeonato, seu maior resultado e motivo de grande orgulho nacional.

Elementos que tornaram a partida, realizada em 29 de junho, em certa medida, o marco inicial das relações culturais entre Brasil e Suécia.

Para homenagear Astrid Lindgren, promover sua obra e lembrar os 60 anos de um época inesquecível para a amizade Brasil-Suécia, a personagem mais emblemática da escritora, Pippi Meialonga, aporta em Santos, berço da arte de Pelé, para uma viagem lúdica pelas paisagens e pela cultura.

A partir de sexta-feira, 29 de junho, com abertura de 12h às 18h, chega ao Museu Pelé a exposição fotográfica “Pippi em Santos”, com fotos de Paulo Villar e curadoria de Rodrigo Accioly.

Para interpretar a menina ruiva mais forte do mundo, a escolha dos realizadores recaiu sobre Flavinha Scanuffo, 12 anos, destaque na edição de 2017 do realityThe Voice Kids, na TV Globo.

Durante sua aventura, Pippi encontra o “Canhão da Vila” Pepe, bicampeão mundial com a seleção brasileira em 1958 e 1962 e segundo maior artilheiro da história do  Alvinegro Praiano, que a convida a visitar a Vila Belmiro, onde encontram nos “Peixinhos da Vila” – meninos da categoria sub-11 do Santos FC. Com eles, acontece uma mágica reconstituição da partida final de seis décadas atrás.

O evento é uma realização da M31 Produções com apoio de Volvo Cars, BrazilCham Sweden, Santos Futebol Clube, Prefeitura de Santos e Companhia das Letras.

Sobre Pippi Meialonga
Apresentada no livro homônimo de 1945, Pippi era uma personagem bastante curiosa. Seus cabelos eram vermelhos como o fogo e ela os amarrava em duas tranças bem apertadas. Também vestia duas meias bem compridas, e calçava um par de sapatos muitos números maiores que seus pés. Para prover suas necessidades tinha um baú cheio de moedas de ouro, aspecto que, aliado a uma força física descomunal atribuiu à personagem um grau de independência revolucionário na época: "Pippi é uma menina que tem poder. Isto é extraordinário, pois leva a criança a pensar que, se fosse a Pippi poderia dizer a seus pais: Não faça isso!"; "Pippi tem o poder, mas não abusa dele, o que é mais difícil quando se tem nas mãos", disse a escritora em 1985.

Com Pippi Meialonga, Astrid Lindgren foi precursora de movimentos que se consolidaram décadas mais tarde. Uma personagem icônica que traz em si, o poder feminino e o antidoto para o preconceito e o bullying.

Serviço: 
Lançamento “Pippi em Santos”
Presenças do fotógrafo Paulo Villar, do curador Rodrigo Accioly, da atriz Flavinha Scanuffo e do ex-jogador Pepe
Sexta-feira, 29 de junho, 12h às 18h
Museu Pelé - Largo Marquês de Monte Alegre, s/n - Valongo, Santos - SP, 11010-260
Gratuito

- Depois a exposição segue até 15 de setembro, no horário de funcionamento do museu, de terça a domingo, das 10h às 19h (R$ 10 a entrada, a bilheteria fecha 17h).

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: quinta-feira, 21 jun 2018 10:14Atualizado em: quinta-feira, 21 jun 2018 15:31
Divulgação Divulgação

Exposição Batman 80 Anos - Trajetória do Homem-Morcego no Cinema: Uma Homenagem

A exposição Batman 80 Anos - Trajetória do Homem-Morcego no Cinema - Uma Homenagem, chegou no MISS - Museu de Imagem e Som de Santos nesta dia 28/06 como parte da programação do Santos Film Fest. 

Com curadoria do jornalista André Azenha, a exposição conta com peças raras, quadrinhos e filmes do Homem Morcego, bem como exposição de Arte realizada pelos alunos da Mosh Escola de Arte.

Através de uma série de painéis explicativos, a história do Batman nos filmes é apresentada, desde sua primeira aparição nas telonas em 1926 até o recente Lego Batman de 2017. A exposição fica até 24 de Julho e o MISS funciona de segunda a sexta das 14 às 22h no Teatro Municipal de Santos. Aproveite para conferir e conhecer um pouco mais deste que é um dos mais icônicos heróis da DC Comics.

Até o dia 03 de julho, o Santos Film Fest segue com programação diversa e gratuita. Confira mais no site www.santosfilmfest.com


blog2019629517569.jpgblog20196295133553.jpgblog20196295144413.jpgblog20196295230672.jpg

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: sábado, 29 jun 2019 02:54Atualizado em: sábado, 29 jun 2019 02:58
  • Exposição   MISS   Batman   
Divulgação Divulgação

Exposição Batman 80 Anos – Trajetória do Homem-Morcego no Cinema: Uma Homenagem chega ao Shopping Pátio Iporanga e terá sessão de cinema beneficente no Dia das Crianças

Após uma temporada de quase dois meses no MISS (Santos) como parte do 4º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos, quando foi vista por quase duas mil pessoas, a exposição “Batman - 80 anos: Trajetória do Homem-Morcego no Cinema - Uma Homenagem” retorna maior a partir de segunda, 7 de outubro, no primeiro piso do Shopping Pátio Iporanga (Av. Ana Costa, 465, Gonzaga). Ela ficará no espaço até dia 21 do mesmo mês, sempre no horário de funcionamento do shopping, das 10h ás 22h.

Voltada para todos os públicos, de crianças a adultos, a exposição reúne cerca de 20 placas que trazem informações, frente e verso, de todas as adaptações de Batman para o cinema, desde as séries exibidas nas matinês cinematográficas dos anos 40, até as versões mais recentes.

Traz ainda colecionáveis, as principais histórias em quadrinhos do herói, livros, diferentes réplicas em miniatura do Batmóvel, filmes e séries em DVD, cartazes oficiais, versões Lego dos personagens de Gotham, entre outras atrações.

A exposição foi a primeira no Brasil a celebrar os 80 anos do Batman, completados em maio. Tem curadoria do crítico de cinema e autor do livro “Histórias: Batman e Superman no Cinema”, André Azenha, e produção de Paula Azenha.

Dia das Crianças

Com parte da programação da exposição será realizada uma ação beneficente para celebrar o Dia das Crianças.

No sábado, 12 de outubro, numa iniciativa em parceria entre o Shopping Pátio Iporanga, Santos Film Fest, o Cine Roxy, o CineZen Cultural e o Memorial Necrópole Ecumênica, 150 crianças de entidades filantrópicas da região participarão de uma sessão de cinema (com um filme infantil do Batman) ao meio-dia. Com direito a pipoca e refrigerante.

E também poderão estar em contato ao vivo com personagens deste universo, já que cosplayers do projeto social Super Amigos – Arte Cosplay Litoral, marcarão presença.

“A maioria irá pela primeira vez ao cinema e é muito legal abrir as portas da sétima arte com o Homem-Morcego, um personagem que cativa corações há oito décadas”, ressalta André.

Serviço:

Exposição “Batman - 80 anos: Trajetória do Homem-Morcego no Cinema - Uma homenagem”
De 7 a 21 de outubro, das 10h ás 22h
Shopping Pátio Iporanga – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga, primeiro piso. Visitação gratuita.

Sessão especial Dia das Crianças
Sábado, 12 de outubro, meio-dia
Cine Roxy 4 – Av. Ana Costa, 465, Gonzaga.
Sessão fechada para crianças convidadas de entidades filantrópicas.

 

 

Leia Mais
  • Publicado por: Sarah Campos
  • Postado em: quarta-feira, 02 out 2019 01:37Atualizado em: sexta-feira, 04 out 2019 11:54
  • Evento   Santos   Exposição