Tradicional escola de PG, Unidos da Vila do Sapo faz desfile regular na João Apolônio


1584 dias atrás
Por: Juan Reol/#Santaportal - Em 18/02/2015 às 04:45 - alterado em 18/02/2015 às 09:08
Tradicional escola de PG, Unidos da Vila do Sapo faz desfile regular na João Apolônio Juan Reol/#Santaportal

CARNAVAL 2015 - A mais antiga escola de samba de Praia Grande, e também a detentora do primeiro título do Carnaval da Família, em 2007, a Unidos da Vila do Sapo foi a penúltima agremiação a desfilar pela passarela do samba João Apolônio, no bairro Sítio do Campo. A apresentação terminou por volta das 4h30 de quarta-feira (18).

Sua participação no desfile de 2015 é em homenagem ao Omolú, filho de Nanã e Oxalá, com o samba-enredo, composto e interpretado por Leandro Paçoca, Bujão e Felipe, “Atotô... O Grande Rei da Terra Chegou”, que relatou desde o nascimento e abandono ainda pequeno até a descoberta do amor e devoção do povo diante de Omolú.

Sob a tutela do carnavalesco Wallacy Vinicyos Santos, a Unidos da Vila do Sapo veio ao desfile com 500 integrantes, distribuídos em 9 alas, dois carros alegóricos e um “tripé”, que representam as casas de candomblés. A agremiação manteve a tradição de manter uma ala formada por crianças de 7 anos.

Um dos destaques da Unidos da Vila do Sapo foi sua comissão de frente, que mostrou o orixá já adulto, além da história começando a ser contada a partir do carro abre-alas. O primeiro casal veio representando Exú, o protetor de Omolú.

O mestre Elton Ligeirinho comandou bateria com 60 ritmistas, tendo com rainha Juliana Ribeiro, uma das melhores no quesito samba, lembrando que Carnaval, além de desfile, é muito samba no pé.

Em 2014 a Unidos da Vila do Sapo terminou o desfile em quinto lugar, quase sendo rebaixada para o Grupo de Acesso. Com muita dificuldade nos quesitos Harmonia e Evolução, a agremiação não deve ficar entre as primeiras também em 2015.

As tradicionais cores vermelho, azul e branco foram bem representadas pelo casal de mestre-salas e porta bandeiras Igor e Naomi.