Com gol de zagueiro, Santos bate Flamengo-SP e avança para terceira fase da Copinha


76 dias atrás
Por: #Santaportal - Em 11/01/2017 às 18:00
Com gol de zagueiro, Santos bate Flamengo-SP e avança para terceira fase da Copinha Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação SantosFC

FUTEBOL - O Santos derrotou o Flamengo-SP, por 1 a 0, na tarde desta quarta-feira (11), em partida disputada na Arena Barueri, e está classificado para a terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O gol do jogo foi marcado por Renan Nascimento, no primeiro tempo. O próximo rival na Copinha é o Avaí, na sexta-feira (13), em Guarulhos. O horário ainda será definido pela Federação Paulista de Futebol.

O Peixe começou a partida sufocando o adversário. Ton Ton quase abriu o placar, aos dois minutos, ao resvalar uma bola de cabeça que quase entrou no canto direito do goleiro do Flamenguinho.

Melhores em campo, os Meninos da Vila perderam boas chances de gol na etapa inicial. O centroavante Léo Souza teve duas grandes oportunidades para marcar. Em uma delas, o atacante quase marcou de letra, aos 21.

A insistência alvinegra foi premiada antes do intervalo. Aos 42, o zagueiro Renan Nascimento aproveitou escanteio para subir de cabeça e testar sem chances para o goleiro Marcos Bezerra, marcando o gol do Santos.

No segundo tempo, o time de Guarulhos tentou sair do campo de defesa para se arriscar mais no ataque. Aos nove, Brainer arriscou de longa distância para boa defesa de Fernando Castro. Aos 21, Gean tocou de cabeça após cruzamento da esquerda, mas desviou para fora.

Com o Flamengo-SP avançando com tudo ao ataque, os espaços começaram a aparecer para o Peixe nos contra-ataques. O meia Giovane perdeu duas boas chances para ampliar a vantagem santista.

Nos minutos finais, o Flamenguinho esteve perto do empate com Gean, por duas vezes. No entanto, o goleiro Fernando Castro realizou grandes defesas, impedindo que o adversário deixasse tudo igual no marcador.

Os Meninos da Vila também estiveram perto do gol, mas o atacante Richard acertou a trave, aos 47, na última grande chance de gol do duelo antes do apito final do árbitro.

Calendário de notícias